Motor On Line
Notícias-

Honda Fit atinge o marco de 500 mil unidades vendidas no Brasil
Reportagem: Tassia Rodrigues / Evelyn Lima
Honda Brasil
Produzido desde 2003 em Sumaré, interior de São Paulo, o modelo acumula recordes de vendas e premiações.

Um dos modelos de maior sucesso no mercado de automóveis, o Honda Fit, acaba de atingir o marco de 500.000 unidades comercializadas no Brasil desde o seu lançamento em abril de 2003. O expressivo resultado comprova a ótima aceitação do modelo, que lidera seu segmento no acumulado do ano.

O Honda Fit também é destaque nos resultados do Consórcio Honda com o recorde de 28.500 cotas comercializadas, 64% de todo o resultado da marca, entre 2004 e julho de 2016.

E não é só no Brasil que o modelo é sucesso absoluto de vendas. Lançado no Japão em 2001, mais de 6,3 milhões de unidades já foram vendidas em todo o mundo.

Um modelo de conceitos inovadores

Produzido na fábrica de Sumaré, interior de São Paulo, o Honda Fit está em sua terceira geração e, desde sua estreia, se consolidou como um automóvel de conceitos inovadores, com medidas externas compactas – e excelente aproveitamento de espaço interno. Com atributos únicos, o modelo oferece o máximo de conforto, conveniência e versatilidade, adequado aos diferentes estilos de vida de seus proprietários.

Concebido sob o conceito “Máximo para o Homem, Mínimo para a Máquina”, o Fit maximiza o espaço disponível para as pessoas e minimiza o espaço necessário para os componentes mecânicos. Na geração atual o sistema ULTRa Seat (Utility Long Tall Refresh) permite acomodar diversos tipos de carga, criando tanto um assoalho plano para o transporte de volumes de grandes dimensões como o rebatimento do assento da segunda fileira de bancos, o que permite carregar materiais mais altos com praticidade.

O Honda Fit também foi um dos primeiros automóveis do mercado a adotar, ainda em 2003, a transmissão do tipo CVT, que permite uma aceleração linear e um comportamento suave em diversas condições de uso, resultando em uma relação de desempenho e consumo ideal. Na geração atual, combinada ao eficiente motor 1.5 i-VTEC FlexOne, que rende 116 cv à 6.000 rpm e 15,3 kgfm de torque à 4.800 rpm no etanol, o conjunto motriz permite um desempenho eficiente e agilidade para as mais diversas situações.

Nota A no CONPET

A geração atual do Honda Fit obteve nota máxima no ranking do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), que classifica os automóveis por eficiência em consumo de combustível no Programa de Etiquetagem Veicular.

Em testes realizados pela instituição, as versões do Fit equipadas com câmbio CVT tiveram notas AA, referentes à categoria “Compacto” e classificação geral. O consumo registrado pelos modelos, nas medições do Inmetro, está disponível no site do órgão (www.inmetro.gov.br).

Cinco estrelas no Latin NCAP

A segurança para ocupantes dentro do Honda Fit é comprovada pelas notas obtidas durante testes do Latin NCAP com o compacto: nos testes de impacto realizados em 2015, o Fit obteve cinco estrelas na proteção de adultos e quatro estrelas em segurança para crianças, comprovando a eficiência da construção moderna e dos equipamentos de proteção ativa e passiva do modelo.

Premiado e bom de revenda

O Fit recebeu diversas premiações ao longo de seus 13 anos de mercado. Neste ano o compacto foi eleito novamente pela revista Autoesporte, na tradicional pesquisa “Qual Comprar?”, como a melhor aquisição na “categoria monovolume e perua”.

E, pelo segundo ano consecutivo o Fit recebeu o “Prêmio Maior Valor de Revenda”, promovido pela Agência AutoInforme, na categoria Monovolume. O prêmio contempla um estudo com os 140 modelos e versões mais vendidos no mercado nacional, com base na cotação da Molicar, avaliando os preços praticados em agosto deste ano comparados aos valores do zero km em agosto de 2014.

Confira os principais destaques da história do Fit no Brasil, primeiro país a fabricar o modelo fora do Japão:

2003 – Lançado em abril nas versões LX e LXL, com motor 1.4 de 80 cv a gasolina e transmissão CVT;
2005 – Chegada da versão EX, com motor 1.5 VTEC de 105 cv;
2007 – Lançamento das versões flexfuel para o motor 1.4;
2008 – Produção da série especial S, com pacote visual esportivo;
2008 – Em outubro de 2008, foi lançada a segunda geração do Fit no Brasil, como modelo 2009, passando a se chamar New Fit. O carro chegou disponível em quatro versões: LX, LXL, EX e EXL;
2011 – A Honda amplia a gama de versões do Fit com a versão DX;
2012 – Facelift da segunda geração do New Fit trazia para-choques, faróis e grades com novo design, bem como aprimoramentos mecânicos;
2012 – Apresentado no Salão do Automóvel, o Fit Twist chega como uma versão aventureira desenvolvida exclusivamente para o mercado brasileiro;
2013 – Fit é apresentado na versão CX automática, com ótimo custo-benefício;
2014 – Lançamento da terceira geração do Fit no Brasil.

Honda:

há 45 anos na vida dos brasileiros - Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 21 milhões de motos, além de quadriciclos e motores estacionários. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do Brasil, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,5 milhão de veículos. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por mais de 1200 endereços. Tudo isso para oferecer aos clientes uma excelente experiência com a marca. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda, por meio da subsidiária Honda Energy, inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. E a segunda planta de automóveis da marca foi construída na cidade de Itirapina (SP), porque muito mais está por vir. A empresa reitera seu compromisso de longo prazo com o Brasil e seguirá empenhada em contribuir cada vez mais com a vida e a mobilidade dos brasileiros! Saiba mais em www.honda.com.br ewww.facebook.com/HondaBR

Notícias

Página inicial