Motor On Line
Notícias-

Rally: Bianchini encara neste domingo a primeira etapa do Sertões
Reportagem: Mércia Suzuki
Foto: Marcelo Maragni
MSuzuki Comunicação
Fabrício Bianchini / Caio Santos nos carros, Fernando Zotelli, Marcos Colvero e Richard Fliter (motos) e Javier Fernandez (quadris) largam de Goiânia rumo a Padre Bernardo / GO.

Começou a adrenalina! A Bianchini Rally largou neste domingo para a primeira etapa da 24ª edição do Rally dos Sertões, entre Goiânia e Padre Bernardo (GO). A única equipe do grid com pilotos em três das quatro categorias em disputa - motos, quadriciclos e carros - cai na trilha para encarar 364 quilômetros, sendo 111 de trechos cronometrados (Especial). Subidas, descidas, abismos, trechos estreitos e sinuosos, com poucas retas, mas um dia técnico e que exigirá concentração e habilidade dos competidores.

No sábado, o time disputou o Prólogo que definiu a ordem de largada para o início do rali e a Bianchini fez bonito! Os pilotos levantaram poeira e conseguiram acelerar por 2,9 quilômetros num circuito montado em Cidade Alpha, em Senador Canedo (GO). Fabrício Bianchini que estreou como piloto de carros neste ano, após 11 edições nas motos, ficou entre os top 10 da geral, com o navegador Caio Santos. A bordo do T-Rex (#334), a dupla fez o terceiro tempo da Protótipos T1, com 2m14.4.

"É um ano diferente para mim, minha paixão sempre foram as motos, mas agora estou estreando nas quatro rodas é a realização de um sonho. O terceiro lugar no Prólogo (Protótipos T1) andando no meio de tantas feras foi ótimo e surpreendente porque andei de uma maneira mais conservadora", ressalta Bianchini mais conhecido como "Gaúcho". "Mas são sete dias rali e não podemos vacilar, estou indo com a cabeça de terminar e se o resultado for vindo, pretendo acelerar nas etapas que permitem isto, porque o meu negócio é velocidade", afirma o piloto que está há 14 anos no grid e chefia a equipe há uma década.

Animação foi que não falta para o Santos, estreante no grid. "Isto aqui é maravilhoso deu para sentir um pouco o que vai ser o Sertões e o Prólogo foi bem legal! A primeira etapa será bem técnica, com baixa média de velocidade, sinuosa, vai exigir muito da navegação mas é ter concentração e pisar fundo", diz o navegador que faz dupla com Bianchini há quatro temporadas em outros campeonatos.

Motos e quadris

Nas motos, dois pilotos da equipe ficaram entre os nove mais rápidos. Na categoria Production Aberta Fernando Zotelli # 43 (KTM 500) garantiu o terceiro tempo - 2m06s.7- e ficou em oitavo na geral, enquanto Richard Fliter # 7 (KTM 530) veio logo atrás em nono, com o quatro lugar na categoria (2m07.s). Já o gaúcho Marcos Colvero #15 (KTM 500cc) fechou em sétimo (2m16s.6), também na Production Aberta.

"Não tive tempo de testar a moto, então no Prólogo não forcei, mas mantive um ritmo bom para largar entre os 10 para não pegar muito poeira neste primeiro dia e consegui, vou largar em nono. Estou curtindo muito tudo isto, a equipe é uma grande família e estou bem feliz por fazer parte da Bianchini Rally", diz o Fliter, que retorna ao grid após oito anos. O paulista de Barueri substitui Marcos Finato, que não pode estar nesta edição.

Nos quadriciclos, o uruguaio Javier Fernandez (Can Am Renegade 4x4 800cc) que estreia na categoria no Rally dos Sertões classificou-se em 14o. "Foi um Prólogo simples, bem feito mas o foco é mesmo a prova que começa neste domingo e pelo que tudo indica, será um dia muito bom para aquecer os motores", diz o piloto de Montevideo, que após um intervalo de cinco anos retorna ao grid. É pentacampeão uruguaio, bicampeão Sulamericano e campeão argentino e já disputou três edições do Rally Dakar - uma de moto e duas nos quadris (2014 e 2015).

Resultados completos no www.sertoes.com. O maior rali do mundo, o Rally dos Sertões acontecerá de 3 a 10 de setembro, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Palmas (TO). Terá um total de 3.143 quilômetros dos quais 2.341 de trechos cronometrados (Especiais) e passará ainda pelo estado da Bahia.

A Bianchini Rally pratica a compensação e a neutralização de carbono, por meio da Iniciativa Verde, que concedeu pelo oitavo ano consecutivo o selo Carbon Free. É a única equipe com o selo no grid do Rally dos Sertões.

A Bianchini Rally conta com o patrocínio da McDonald Pelz, QT Engenharia, Madeira Energy, Nova Vida e Melnick Even, Iper e Ducatti.

Programação 24º Rally dos Sertões

04/09 - Etapa 1
Goiânia (GO) - Padre Bernardo (GO)
Deslocamento inicial: 248,43 km
Trecho especial: 111,79 km
Deslocamento final: 4,32 km
Total do dia: 364,54 quilômetros

05/09 - Etapa 2
Padre Bernardo (GO) - Cavalcante (GO)
Deslocamento inicial: 34,27 km
Trecho especial: 374,84 km
Deslocamento final: 9,19 km
Total do dia: 418,3 quilômetros

06/09 - Etapa 3
Cavalcante (GO) - Posse (GO)
Deslocamento inicial: 22,95 km
Trecho especial: 376,41 km
Deslocamento final: 244,12 km
Total do dia: 643,48 km

07/09 - Etapa 4
Posse (GO) - Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento inicial: 14,62 km
Trecho especial: 361,94 km
Deslocamento final: 183,59 km
Total do dia: 560,15 km

08/09 - Etapa 5
Luís Eduardo Magalhães (BA) - Mateiros (TO)
Deslocamento inicial: 35,47 km
Trecho especial: 425,67 km
Deslocamento final: 00 km
Total do dia: 461,14 km

09/09 - Etapa 6
Mateiros (TO) - Ponte Alta (TO)
Deslocamento inicial: 00 km
Trecho especial: 514,98 km
Deslocamento final: 5,97 km
Total do dia: 520,95 km

10/09 - Etapa 7
Ponte Alta (TO) - Palmas (TO)
Deslocamento inicial: 4,61 km
Trecho especial: 191,54 km
Deslocamento final: 47,46 km
Total do dia: 243,61 km

Notícias

Página inicial