Motor On Line
Notícias-

Kart: Schoma volta ao Brasil satisfeito com o Troféu Academia CIK / FIA
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Divulgação
KGCom
Piloto brasileiro teve belo desempenho na última rodada, disputada no último final de semana na Suécia.

A cidade de Kristianstad, na Suécia, com pouco mais de 35 mil habitantes, foi o palco da última etapa de um dos eventos mais importantes do kartismo mundial - e também de uma semana muito produtiva para o jovem piloto Victor Schoma (Adidas | JBM | EPUC). Disputada no mesmo palco do Mundial da categoria KZ (Shifter), com participação de Rubens Barrichello, a última rodada do Troféu Academia CIK/FIA reuniu pilotos de várias partes do mundo, dentre eles o brasileiro Schoma.

Com apenas três treinos de 20 minutos cada antes da tomada de tempos, Schoma e sua equipe conseguiram encontrar um bom acerto para o equipamento, ao mesmo tempo em que o piloto se adaptava bem à pista emborrachada, característica que as pistas brasileiras raramente oferecem.

Schoma tinha algumas desvantagens por não conhecer a pista, situação inversa à da maioria dos competidores, que já tinham treinado e até mesmo competido em Kristianstad anteriormente. Mas, ainda assim, o piloto paulista esteve sempre rápido e finalizou o último treino com a terceira posição em meio a 44 competidores.

O bom desempenho de Victor Schoma se repetiu na tomada de tempos, quando ele foi o segundo colocado em seu grupo - era primeiro até a última volta - e sétimo no resultado geral. Schoma chegou a estar em 3º na primeira corrida classificatória, mas concluiu-a em 5º. Na segunda, após boa largada, estava em 3º outra vez, mas em uma pequena confusão, caiu para 12º e recuperou-se para terminar em 8º.

Na Pré-Final, que definiria o grid de largada da Final, Victor Schoma (Adidas | JBM | EPUC) largou em 9º e logo nos primeiros momentos da prova figurava em 4º. Na última volta, quando estava em 12º, foi tirado da pista no momento em que virava tempos semelhantes ao dos ponteiros. Assim, coube ao brasileiro largar em 31º na Final, contrariando todas as expectativas geradas após o bom desempenho nos treinos, tomada de tempos e classificatórias.

Sabendo das dificuldades que enfrentaria na Final, Schoma fez boa largada e já estava em 20º quando novo incidente à sua frente o fez rodar e cair para último. O paulista, contrariando as expectativas do público, empurrou seu kart de volta à pista - e foi aplaudido por sua força de vontade e espírito esportivo - e terminou a prova, recebendo a bandeirada final.

"Estou muito feliz com meu desempenho durante toda esta semana", disse Victor Schoma. "Os problemas fazem parte do aprendizado e nem sempre é possível ganhar", avalia Schoma. "Acho que evoluí e amadureci bastante durante este evento e aprendi muito também. Nas dificuldades é mais fácil perceber os erros, para que possamos nos aperfeiçoar e crescer", completa.

O Troféu Academia, promovido pela CIK/FIA para revelar novos talentos para o kartismo mundial, foi muito elogiado pela família de Victor Schoma. "Tudo funciona de forma perfeita, é realmente algo de primeiro mundo, sem falar no nível técnico dos pilotos. Eles estão muito avançados em tecnologia, organização, pontualidade, vistorias e em muitos outros quesitos. Temos muito que agradecer ao Giovanni Guerra pela oportunidade de competir no Troféu Academia, ele esteve conosco e foi ótimos termos estado juntos, a energia e o otimismo que ele tem nos planos de fazer algo semelhante no Brasil é contagiante", aponta Vivienne Schoma, mãe de Victor Schoma.

De volta ao Brasil, Victor Schoma tem treinos programados para esta semana com a equipe TMA Competições e na próxima semana embarca para o Peru a fim de participar de uma competição a convite da fabricante de chassis Birel Art e de seu amigo Diego Ferro.

Notícias

Página inicial