Motor On Line
Notícias-

Kart: Corsa comemora 30 anos
Reportagem: BestPR
Foto: Pedro Bragança
Mastermídia
Alberto Cesar Otazú participa e vence corridas com o macacão e demais equipamentos da líder do mercado.

Normalmente quem tem anos de experiência e, ainda por cima é líder do mercado, tem que ser o melhor no que faz. Foi pensando assim que o jovem kartista Alberto Cesar Otazú (Braspress / HTPro Nutrition / Relógios Lapizta) optou pela Corsa para a confecção de seu macacão e do restante de sua vestimenta de competições. "Apenas segui o conselho do meu pai, de confiar e me aliar aos melhores. Por isto eu sinto segurança em participar de minha primeira temporada com o macacão sob medida, luvas e sapatilhas da Corsa", confia o piloto novato, líder do Campeonato Master de Kart.

Alberto Cesar atesta a durabilidade e segurança dos equipamentos pessoais de segurança da Corsa. "Em fevereiro eu sofri um acidente grave, em que fraturei a minha perna. Eu voei longe e aterrissei na terra, mas o macacão, as luvas e sapatilhas ficaram inteiras. Foi só bater a poeira e estava novo", brincou o adolescente apoiado por Alpie Escola de Pilotagem, Click Pix Kart, Calabar & Bueno Wines Bar e Grill, e Pilotech by D’Elia. "Eu já fiz 30 corridas e tá tudo inteiro. Só vou trocar quando não tiver mais espaço para bordar mais patrocinadores", enfatizou. "Agora quero pedir um presente do Dia das Crianças, juro que será o último: quero ganhar um Sgarbi Helmet pra fazer a minha pintura. Eu uso o capacete velho do meu pai", gargalhou o jovem de 15 anos de idade.

Comemorando 30 anos de atividades, Corsa lidera mercado disputado por multinacionais

Ao longo das últimas três décadas, a marca Corsa virou sinônimo de macacões e equipamentos de segurança para pilotos de automobilismo e kartismo no Brasil. A empresa paulista acaba de comemorar 30 anos de sua fundação e mantém a liderança isolada no mercado dos campeonatos nacionais, com cerca de 60% de participação considerando todas as categorias.

O sucesso de uma fabricante brasileira de produtos de alta tecnologia em um mercado tradicionalmente disputado por gigantes multinacionais da Europa e EUA é resultado de ousadia e constante inovação. Somente com essa filosofia é possível submeter seus produtos e obter ampla aprovação nos rigorosos testes de qualidade para a homologação de equipamentos de proteção promovidos pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Comissão Internacional de Kart (CIK). "É um processo de evolução na qualidade dos produtos que não tem fim", adianta Orlando Sgarbi, sócio-fundador da Corsa.

"Comemoramos 30 anos de mercado mantendo nossa característica de buscar sempre a excelência em nossos produtos. Internamente, a Corsa tem hoje um controle de produção informatizado, em que toda a modelagem para corte do tecido é realizada por computador", disse Sgarbi.

Este processo, explica Orlando, garante mais agilidade e precisão no atendimento aos clientes e na fabricação de macacões personalizados. "O software armazena as características físicas de cada piloto e rapidamente permite que a produção realize o corte dos tecidos de acordo com a necessidade específica de quem vai vestir o macacão", detalha Sgarbi. "O uso da tecnologia de gestão de nossa modelagem resultou em um processo mais ágil e, acima de tudo, com maior precisão. A proximidade com nossos clientes e a certeza de entrega de um material de qualidade sempre foram nossos diferenciais. E estamos, a cada ano, nos aprimorando mais e mais", acrescentou.

Nestas três décadas de atuação, a Corsa expandiu sua linha de produtos e atualmente possui, também, uma marca própria de capacetes - a Sgarbi Helmet. A qualidade dos produtos, naturalmente, acompanha as normas internacionais da FIA, o que garante seu uso em qualquer competição de automobilismo ou kartismo ao redor do mundo. "Antes de lançar um produto, realizamos testes específicos para cada componente da roupa. Tais testes são executados somente por laboratórios especializados da Europa e EUA", conta o empresário. "Somente depois de aprovados nessa fase, de posse dos laudos emitidos pelos laboratórios, é que nossos novos produtos são enviados para homologação FIA. O passo seguinte é colocar o produto no mercado", completa.

Pioneirismo reconhecido

Fundada em 1986 por Solange Álvares Sgarbi, diretora financeira e esposa de Orlando, a Corsa Comercial Ltda. produziu no ano seguinte o primeiro macacão antichama comercializado no Brasil. Foi também a primeira empresa brasileira a homologar seus produtos internacionalmente. Os macacões Corsa são fabricados em São Paulo com tecidos importados da Europa e aviamentos vindos do Japão e dos Estados Unidos.

Entre os clientes já constaram equipes como a Super Aguri (F1), Bettenhausen e Hogan Racing (F-Indy), além de um incontável número de pilotos que conquistaram títulos no Brasil e no exterior. Os mais conhecidos são Tony Kanann e Hélio Castroneves (F-Indy), Felipe Giaffone (Indy Lights), Cacá Bueno (pentacampeão da Stock Car) e Ingo Hoffmann (12 vezes campeão da Stock Car).

Pneus de competição

Em 1996, a Corsa iniciou parceria com a Pirelli e, em 2004, foi oficializada como revendedora oficial da marca para o segmento de competições. Atualmente, a empresa é fornecedora exclusiva de todos os principais campeonatos nacionais, como a Stock Car, Brasileiro de Turismo, Fórmula 3, Mercedes-Benz Challenge, Copa Petrobras de Marcas e Porsche GT3 CUP. Nestes torneios, chega a operar a montagem e balanceamento de aproximadamente 1000 pneus por final de semana - o equivalente ao atendimento a uma frota de 250 carros de competição em apenas três dias.

Alberto Cesar Otazú tem o patrocínio de Braspress, HTPro Nutrition e Lapizta, com apoio de Alpie Escola de Pilotagem, Click Pix Kart, Calabar & Bueno Wines Bar e Grill, e Pilotech by D’Elia. O jovem divulga e apoia a Associação Cruz Verde - que cuida de pacientes com paralisia cerebral grave - e Direção para a Vida - que propaga boas atitudes para pedestres, motociclistas e motoristas no trânsito das ruas e estradas.

Notícias

Página inicial