Motor On Line
Notícias-

Senna e parceiros saem em 3º nas 6 Horas Circuito das Américas / Texas
Reportagem: Márcio Fonseca
Foto: José Mario Dias
MF2
Líderes se dão melhor e conquistam a pole deste sábado no Circuito das Américas.

A estratégia funcionou apenas parcialmente e o trio formado por Bruno Senna, o português Filipe Albuquerque e o mexicano Ricardo Gonzalez partirá da terceira posição do grid da categoria LPM2 nas 6 Horas do Circuito das Américas, palco da sexta etapa do Campeonato Mundial de Endurance - FIA WEC. O ponto extra pela pole foi conquistado pela equipe Signatech-Alpine, formada pelos líderes do campeonato - o norte-americano Gustavo Menezes, o francês Nicolas Lapierre e o monegasco Stephane Richelmi. Entre os protótipos da LMP1, o Audi R18 do suíço Marcel Fässler, do alemão André Lotterer e do francês Benoît Treluyer sairá na frente.

A prova na pista de Austin, no estado norte-americano do Texas, começará às 19 horas (Brasília) e terá Bruno ao volante do Ligier JS P2-Nissan no primeiro turno da RGR Sport. Mais rápido dos três pilotos da equipe, ele é obrigado pelo regulamento a iniciar a corrida. No treino classificatório da noite desta sexta-feira, Bruno foi somente um décimo mais lento que Lapierre, dono da volta mais rápida. Os dois devem travar uma briga particular, já que o time de Senna precisa descontar a diferença de 34 pontos que o separa dos ponteiros - mais 25 estarão em jogo - e manter as esperanças de título nas três provas finais na Ásia.

Ao longo da semana, Bruno já antecipava preocupação com as possibilidades do seu carro contra os rivais - Alpine e Oreca - numa pista com retas longas e velozes. O resultado do qualifying, no entanto, pode ter sido determinado pela estratégia adotada. "Colocamos pneus novos apenas no lado esquerdo. Para mim, funcionou direito, mas o Ricardo - que completou nossa dupla na classificação - estranhou o comportamento. Disse que ficou muito diferente de um lado para o outro", explicou.

A RGR Sport, no entanto, esteve sempre entre os ponteiros desde os treinos livres, o que aumenta a expectativa por uma boa performance no autódromo inaugurado em 2012. O cuidado maior será com o consumo dos pneus. "Os da esquerda, especialmente o dianteiro, estão desgastando muito mais porque todas as curvas rápidas e longas são para a direita. Mas isso parece estar afetando todos os carros e o nosso parece bom, comparado aos outros. Vamos ver", completou.

Os melhores do qualifying da LMP2:

1 - Gustavo Menezws, Nicolas Lapierre e Stéphane Richelmi, Alpine A460-Nissan, 1min55s892
2 - Mattheo Rao, Richard Bradley e Roberto Mehri, Oreca 05-Nissan, 1m56s873
3 - Bruno Senna, Filipe Albuquerque e Ricardo Gonzalez, Ligier JS P2-Nissan, 1min57s367
4 - Nick Leventis, Lewis Williamson e Jonny Kane, Gibson 015S-Nissan, 1min57s536
5 - David Cheng, Ho-Pin Tung e Nelson Panciatici, Alpine A460-Nissan, 1min58s060
6 - Vitaly Petrov, Kirill Ladygin e Victor Shaitar, BR-01 Nissan, 1min58s379

Notícias

Página inicial