Motor On Line
Notícias-

Kart: colhendo os frutos de um sonho no Projeto Piloto do Futuro
Reportagem: Flávio Quick / Fabíola Cadar
Foto: Flávio Quick
Quick Comunicação
Dois anos após sua turma inaugural Projeto Piloto do Futuro já graduou mais de 200 pilotos no Kartódromo RBC Racing.

No último dia 10 de setembro o Kartódromo RBC Racing recebeu em sua pista a primeira rodada da Taça Minas Gerais de Kart. Como tem acontecido há exatos dois anos junto à programação oficial foi inserida a corrida de "formatura" de mais uma turma do Projeto Piloto do Futuro.

A escola de pilotagem do kartódromo RBC Racing foi idealizada por Rafael Cançado e por Wellington Horta, gerente da pista e responsável por toda a operação de kart amador. Em uma ideia, inicialmente batizada de Projeto Cadete, as crianças que participavam das baterias de kart amador nas manhãs de domingo e se destacassem eram convidadas à participar, gratuitamente, da escolinha do Projeto.

Desde a primeira turma, que fez a sua corrida final junto ao TOP KART Brasil de 2014, já se foram dois anos. Mais de 200 crianças já passaram pelo Projeto e, dia após dia, o interesse cresce.

Porém, melhor do que ver o interesse na escola gratuita é, efetivamente, trazer estes pilotos para as competições. Assim, em um esforço que envolveu um plano de comercialização de karts, material de competição como macacão, capacete, luvas e sapatilhas e os próprios chefes de equipes de BH a Taça Minas de Kart registrou um número recorde de pilotos Cadete para as corridas regionais de Minas Gerais. 12 pilotos largaram na prova sendo que, 11 deles vindo do Projeto. Mais do que isso, uma nova turma do Piloto do Futuro foi graduada neste mesmo dia e, dois pilotos já compraram seus equipamentos próprios e pretendem competir já à partir da próxima rodada, no mês que vem.

"Eu fico realmente emocionado quando eu vejo que a nossa ideia de fomentar o esporte, lá em 2014, já está rendendo frutos tão expressivos. Nós levamos o Projeto Piloto do Futuro com um carinho incrível porque, sabemos, que o futuro do nosso esporte vem exatamente desta renovação. Dentro de nossas limitações orçamentárias melhoramos os karts, fizemos uma carenagem mais legal e, mais do que isso, estamos fazendo um programa de orientação também para os pais, para que não cheguem totalmente inocentes no meio do kart. Os desafios são grandes, mas, pouco a pouco, vamos conseguindo criar novos pilotos", comentou Rafael Cançado.

Notícias

Página inicial