Motor On Line
Notícias-

Carvalho e Bento têm jornada dupla Sprint Race Brasil e Cascavel de Ouro
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Rodrigo Guimarães
Pilotos cascavelenses vão integrar o grid das duas competições que vão compor o evento de 23 de outubro no Autódromo Zilmar Beux.

Dois pilotos cascavelenses terão jornada dupla no dia 23 de outubro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, durante a programação da 30ª Cascavel de Ouro. Além de integrarem o grid da mais tradicional prova de longa duração do automobilismo paranaense, Caíto Carvalho e Paulo Vítor Bento farão suas estreias na Sprint Race Brasil, categoria que terá na mesma data as corridas da sétima e penúltima etapa da temporada de 2016.

Carvalho vai participar de sua segunda Cascavel de Ouro pilotando o GM Celta número 13 da Sensei Sushi Bar-Sorbara Motorsport formando trio com os paulistas Galid Osman, piloto da Stock Car, e André Bragantini Júnior, engenheiro de pista na Stock Car e piloto da Copa Petrobras de Marcas. Bento pilotará o Ford Fiesta número 81 da Ferrari Motorsport em dupla com o paranaense Carlos “SG” Souza, também da Copa Petrobras.

“Além do desafio, que é interessantíssimo, vai ser um fim de semana de muita exigência no que diz respeito a preparo físico, participando da Cascavel de Ouro e da Sprint Race”, diz Carvalho, que iniciou sua carreira nas pistas em 2015 no Metropolitano de Marcas & Pilotos de Cascavel. “Amigos que correram e correm na Sprint sempre falam muito bem da sensação de pilotar o carro, a curiosidade por estar lá dentro é natural. Vai ser divertido”.

Bento, que fez suas primeiras participações no automobilismo em 2013 e disputou as duas últimas temporadas do Metropolitano, conquistando o título da classe B no ano passado, encara a oportunidade com otimismo. “A ideia é subir um degrau e ir para a frente no automobilismo. O nosso Marcas foi uma ótima escola, a gente quer sempre ir atrás de novos desafios e dou esse passo com a maior empolgação e a maior vontade possível”, manifesta.

Criador e promotor da Sprint Race Brasil, Thiago Marques observa que a estreia de Carvalho e Bento confirma uma tendência da categoria. “Geralmente nas duas últimas etapas de cada temporada os pilotos de outras categorias se juntam ao grid da Sprint Race, já pensando na participação no campeonato do ano seguinte”, conta. “Nunca tivemos uma procura tão antecipada quanto agora. Acho que até janeiro teremos o grid de 2017 fechado”, aposta.

A previsão de Marques tem por base o histórico de adesões à categoria. “Os pilotos que experimentam o nosso carro nessa época do ano não resistem e fecham a temporada seguinte. Não será surpresa alguma para nós que isso aconteça com o Caíto e o Paulo, que já são parte da família Sprint Race”, diz o promotor da categoria, que é piloto e disputa a Copa Petrobras de Marcas pela equipe RZ-Toyota – ocupa o quarto lugar na classificação do campeonato.

Marques foi campeão brasileiro da Stock Car Light em 2001, competiu na categoria principal da Stock Car por nove temporadas e conquistou vitórias na GT Brasil e na Copa Petrobras. Ele não vai disputar a Cascavel de Ouro. “O convite à minha participação é sempre muito atraente, mas a tensão por estar no comando da Sprint Race é tão grande que não conseguiria, no mesmo fim de semana, fazer algo bem feito como piloto em outra categoria”, justifica.

A ligação da Sprint Race Brasil com a 30ª Cascavel de Ouro vai além da junção das provas de sua penúltima etapa com o evento festivo. Os campeões da prova longa terão como premiação, além de R$ 20 mil em dinheiro e de uma participação no Fara USA em Homestead pelo Team Ginetta, direito a isenção dos custos técnicos para uma das corridas na primeira etapa da Sprint Race em 2017, ano em que a categoria terá a sexta temporada de sua história.

Notícias

Página inicial