Motor On Line
Notícias-

Kart: Gui Figueiredo fez pole na final do Paulista
Reportagem: Flávio Quick / Fabíola Cadar
Foto: Flávio Quick
Quick Comunicação
Com segundo e terceiro lugares na final, piloto de Aracajú ficou com terceiro lugar no Campeonato.

Neste sábado (24) o Campeonato Paulista de Kart recebeu a sua bandeirada final para a temporada 2016. Pilotos e equipes de várias partes do país foram até o kartódromo de Interlagos, na capital paulista, onde disputaram a quinta e sexta etapas da competição estadual.

Em sua primeira temporada na classe Júnior Menor o sergipano Guilherme Figueiredo (Banese Card | Maratá | Restaurante Karranca’s | Mini | D. Racing), atualmente radicado em São Paulo por causa das competições, se preparou bastante para as provas e sabia que, acima de tudo, seu objetivo era o de buscar os melhores resultados para buscar a conquista do tradicional título.

Com o sempre atento cuidado da equipe D. Racing o piloto abriu mão das disputas da Copa São Paulo Light, que aconteceram no mesmo dia, e focou toda a sua atenção apenas nas duas provas que marcariam a final do Paulista.

Após dois dias de intensos treinos Figueiredo foi para a pista no início da tarde de sábado para a tomada de tempos e, com a marca de 51s831, garantiu a pole-position da categoria. Logo na sequência aconteceu a primeira bateria. Após um leve toque na largada Gui caiu uma posição e passou a ocupar o segundo posto. Em meio a fortes ataques ele se assegurou durante todo o tempo no primeiro pelotão e conseguiu chegar na terceira posição. Na segunda bateria, por sua vez, Figueiredo logo assumiu a vice-liderança e, passada a confusão da primeira volta, se manteve no posto conquistado, suportou bem aos ataques dos adversários até a bandeirada final e cruzou a linha de chegada em segundo.

Pela soma dos resultados Guilherme ficou com 51 pontos na classificação final do Campeonato Paulista o que lhe garantiu, assim, a terceira posição. "Apesar de ter conseguido fazer a pole, durante as corridas o nosso kart não conseguia acompanhar o ritmo do meu principal adversário. Então, eu tive que brigar para ficar em segundo e, com isso, acabei perdendo também a disputa pelo título. A chance de disputar o Paulista foi sensacional e espero que no ano que vem eu possa, novamente, estar na briga direta pelo título", comentou o piloto.

Notícias

Página inicial