Motor On Line
Notícias-

Fittipaldi e Barbosa são tri do Norte-americano de Endurance e vice geral
Reportagem: Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
Foto: José Mario Dias
FGCom
Pilotos do Mustang Sampling Chevrolet Corvette parabenizam conquista dos companheiros de equipe Eric Curran e Dane Cameron, que ficaram com o título.

Dez horas de muita emoção no circuito de Road Atlanta e a equipe Action Express Racing é tricampeã do IMSA WeatherTech SportsCar Championship e do Campeonato Norte-americano de Endurance. Mas, ao contrário dos dois últimos anos, cada título ficou com uma dupla do time.

Os norte-americanos Dane Cameron e Eric Curran, a bordo do # 31 Whelen / Team Fox Corvette DP, que disputaram a décima etapa da temporada, neste sábado (dia 1), ao lado do francês Simon Pagenaud (atual campeão da Fórmula Indy), completaram a prova na quarta colocação e garantiram o título no geral por apenas três pontos de vantagem de Christian Fittipaldi e João Barbosa (314 a 311).

Mas a dupla do #5 Mustang Sampling Chevrolet Corvette, que foi campeã em 2014 e 2015 no geral, não ficou sem comemorar. Fittipaldi e Barbosa garantiram o tricampeonato no Campeonato Norte-americano de Endurance, que inclui as quatro provas de longa duração da temporada (24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, 6 Horas de Watkins Glen e 10 Horas de Petit Le Mans). Eles marcaram 43 pontos, contra 41 de Pipo Derani, Scott Sharp e Johannes van Overbeek, que ficaram com o vice.

Na prova deste sábado, Fittipaldi e Barbosa terminaram em quinto lugar e viram as chances de brigar pelo título no geral irem embora, quando faltavam menos de quatro horas para o final. Eles tiveram o pneu esquerdo traseiro furado, quando o português Filipe Albuquerque (que também correu com os pilotos em Daytona e Sebring) estava no comando do Mustang Sampling Chevrolet Corvette e ocupava a segunda posição. A parada nos boxes fez o trio perder duas voltas.

A vitória em Petit Le Mans ficou com Oswaldo Negri Jr., Olivier Pla e John Pew, que largaram da pole position. Fittipaldi partiu da quinta colocação e a equipe vinha entre os primeiros colocados até o furo no pneu.

"Óbvio que eu queria conquistar os dois títulos, mas se o nosso #5 Mustang Sampling Chevrolet Corvette não pode ganhar, eu sou o primeiro a torcer pelo # 31 Whelen / Team Fox Corvette DP e deixar tudo dentro da nossa equipe. Os últimos três anos foram fora do comum para a Action Express Racing. Ganhamos todos os campeonatos, então não poderia ter sido melhor", comentou Fittipaldi.

O brasileiro lembrou que a partir da próxima temporada a categoria terá apenas carros LMP2 e mostrou-se motivado com a novidade. "No ano que vem, teremos carros novos na categoria e estamos bem animados. Um fato interessante é que eu corri a primeira corrida dos Daytona Prototype, em 2003, e agora a última, em 2016", frisou.

"De uma maneira geral, estou terminando a temporada contente, de cabeça erguida e agora é trabalhar bastante na pré-temporada. Vamos virar a página e começar com o pé direito na corrida mais importante do ano, as 24 Horas de Daytona, no final de janeiro de 2017", finalizou Fitipaldi, que subiu sete vezes ao pódio este ano, incluindo a vitória nas 6 Horas de Watkins Glen.

Em sua sétima temporada na categoria, a equipe Action Express Racing soma 16 vitórias e agora é tricampeã (2014, 2015 e 2016) do IMSA WeatherTech SportsCar e da Copa Norte-Americana de Endurance.

Veja os melhores em Road Atlanta (Top-5):*

1 J. Pew / O. Negri Jr. / O. Pla (Michael Shank Racing Honda HPD Ligier JS P2) 412 voltas em 10h00min30s023
2 S. Sharp / L. Derani / J. van Overbeek (Tequila Patron ESM Honda HPD Ligier JS P2) a 3s524
3 R. Taylor / J. Taylor / M. Angelelli (No. 10 Konica Minolta Corvette DP for Wayne Taylor Chevrolet Corvette DP) a 11s745
4 E. Curran / D. Cameron / S. Pagenaud (Action Express Racing Chevrolet Corvette DP) a 14s258
5 J. Barbosa / C. Fittipaldi / F. Albuquerque (Action Express Racing Chevrolet Corvette DP) a duas voltas

*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Notícias

Página inicial