Motor On Line
Notícias-

Senna é 2º no Japão e mantém chances de título no Endurance
Reportagem: Márcio Fonseca
Foto: Divulgação
MF2
6 Horas de Fuji têm final eletrizante e diferença de apenas um segundo na bandeirada.

Com o segundo lugar nas 6 Horas de Fuji, vencidas neste domingo pelo russo Roman Rusinov ao lado dos britânicos Alex Brundle e Will Stevens com o Oreca 05-Nissan da equipe G-Drive, Bruno Senna continua no páreo do título da categoria LMP2 do Campeonato Mundial de Endurance - FIA WEC. Os resultados no circuito japonês transformaram as etapas finais do mês que vem na China e no Bahrein em um mano-a-mano entre o trio do brasileiro e os líderes Gustavo Menezes, Nicolas Lapierre e Stéphane Richelmi, que levaram o Alpine A460-Nissan da Signatech Racing ao terceiro degrau do pódio. Na LMP1, a Toyota fez a festa da torcida com a vitória do ídolo local Kamui Kobayashi e seus parceiros, o francês Stéphane Sarrazin e o inglês Mike Conway.

Apesar de satisfeito com mais um excelente resultado e o rendimento do Ligier JS P2-Nissan da RGR Sport, apenas o quinto no grid da sétima corrida do calendário, Bruno não escondeu a irritação com a perda de uma vitória que parecia à vista nos momentos finais. Responsável pelos dois últimos turnos, Bruno mantinha a vantagem de pouco mais de dois segundos sobre Stevens. Até que... "Faltando menos de três voltas, o Rebellion da LMP1 veio me ultrapassar na Curva 10 e me atrapalhou. Ele poderia ter passado sem problema na reta, mas acabou fazendo com que o Stevens entrasse grudado. Aí não deu como segurar. Em condições normais, mesmo com meu jogo de pneus já no terceiro turno, eu não permitiria a ultrapassagem", garantiu.

As 6 Horas de Fuji foram uma das melhores provas do ano. "Foi pauleira do início ao fim. Pela primeira vez, não tivemos nenhuma bandeira amarela ou full course yellow. Todo mundo acelerou forte desde a largada", relatou. Bruno lamentou ainda que a vitória da G-Drive tenha custado sete pontos importantes na briga particular com a Signatech Racing. "Descontaríamos dez, mas com o segundo só tiramos três pontinhos", lembrou. A diferença da equipe de Bruno para os ponteiros é agora de 38 pontos, com mais 52 em disputa.

O resultado das 6 Horas de Fuji na LMP2:

1 - Roman Rusinov, Alex Brundle e Will Stevens, Oreca 05-Nissan, 223 voltas
2 - Bruno Senna, Filipe Albuquerque e Ricardo Gonzalez, Ligier JS P2-Nissan, a 1s398
3 - Gustavo Menezes, Nicolas Lapierre e Stéphane Richelmi, Alpine A460-Nissan, a 26s225
4 - Antonio Giovinazzi, Giedo Van der Garde e Sean Gelael, Ligier JS P2-Nissan, a 26s693
5 - Pipo Derani, Ryan Dalziel e Chris Cumming, Ligier JS P2-Nissan, a uma volta
6 - Jonny Kane e Lewis Williamson, Gibson 015S-Nissan, a uma volta
7 - Mathew Rao, Richard Bradley e Robeto Mehri, Oreca 05-Nissan, a uma volta
8 - Nicolas Minassian, Maurizio Mediani e Mikhail Aleshin, BR01-Nissan, a uma volta
9 - David Cheng, Ho-Pin Tung e Paul Loup Chatin, Alpine A4360-Nissan, a duas voltas
10 - Vitaly Petrov, Kirill Ladygin e Victor Shaitar, BR01-Nissan, a três voltas

Classificação do campeonato:

1 - Gustavo Menezes, Nicolas Lapierre e Stéphane Richelmi, 171 pontos
2 - Bruno Senna, Filipe Albuquerque e Ricardo Gonzalez, 133
3 - Roman Rusinov, 112

Notícias

Página inicial