Motor On Line
Notícias-

Kart: Antonio Neto Rabelo campeão maranhense 2016 com belas atuações
Reportagem: Luiz Pinheiro
Foto: Divulgação
Velocidade Total
O Campeonato Maranhense de Kart foi vencido pelo jovem e talentoso piloto de 12 anos Antônio Neto, na categoria Junior Menor, após um ano de dedicação.

A disputa final da temporada de 2016 foi realizada no último sábado 19/11 com a realização da rodada dupla no Kartódromo Luis Salem, localizado na cidade de São Luis – MA, um dos mais importantes do Norte do Brasil.

O jovem piloto de apenas 12 anos, Antonio Neto fez bonito com uma tocada forte e aguerrida e conduziu seu kart com maestria até o encerramento da disputa quando recebeu a bandeirada quadriculada do diretor da prova decretando assim o fim da disputa e a confirmação do título de Campeão Maranhense de 2016, na categoria Júnior Menor, onde alinhou ao longo da temporada grandes talentos do kartismo maranhense.

Ao longo do Campeonato, Neto com seu kart de nº 10 e chassi Mini muito bem preparado pelo expert preparador Nelsinho, um dos mais conceituados na atualidade, com seu motor preparado pelo também super competente, “Passoca”, proporcionou ao jovem talentoso piloto que realizasse uma apresentação de alto nível que o levou a bela e importante conquista em seu estado.

Antônio Neto além da conquista do titulo do Campeonato Maranhense também tem em seu currículo o Vice-campeonato do Norte Brasileiro pela categoria Cadete e como sendo filho do Campeão da Categoria Sênior de 2014, Guga Rabelo, vem escrevendo seu nome no kartismo estadual e nacional para a alegria de sua mãe Creslene Teles, e que tem na família os maiores incentivadores para que obtenha o sucesso que merece, e esta, por vir.

Para a temporada 2017, o jovem e talentoso piloto tem como objetivo disputar os principais campeonatos do Brasil onde ganhará mais experiência e que possa participar em condições de brigar pelos títulos nos campeonatos que participar; Talento não lhe falta, com sua determinação e perseverança grandes conquistas por certo virão.

“Foi um ano de muito foco, mesmo não participando da primeira etapa, nas seguintes procuramos sempre somar o maior número de pontos. Com poucos treinos, mais com boas estratégias e organização, os resultados foram aparecendo até chegarmos na etapa final e sermos compensados com a conquista do título”, declarou o pai do piloto Guga Rabelo.

Notícias

Página inicial