Motor On Line
Notícias-

Bruno Baptista encerra testes na GP3 no top-10 em Abu Dhabi
Reportagem: Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula
FGCom
Piloto de 19 anos se destaca no último dia de treinos no circuito Yas Marina. É melhor brasileiro na sessão derradeira de testes.

Depois de três dias de testes pela GP3 Series no circuito Yas Marina, em Abu Dhabi (nos Emirados Árabes), o brasileiro Bruno Baptista demonstrou satisfação com os resultados obtidos, em sua primeira experiência em carros da categoria, que utilizam chassis Dallara e possuem motor de 6 cilindros e 400 cavalos. Agora, o jovem de 19 anos começa a estudar as possibilidades para a temporada 2017.

Entre os dias 30 de novembro e 2 dezembro Baptista testou por duas equipes diferentes em Abu Dhabi. Nos dois primeiros dias guiou pela Jenzer Motorsport, e no último dia foi a vez de testar pela DAMS. Ao todo, foram seis sessões de testes, sendo duas a cada dia, uma pela manhã e outra à tarde.

Bruno Baptista esteve sempre no pelotão intermediário e se destacou no último dia ficando no Top-10. No último teste, o brasileiro ficou à frente de Max Defourny, atual vice-campeão da Fórmula Renault 2.0 NEC. Além de Baptista, outros dois brasileiros testaram pela GP3, Matheus Leist e Pedro Cardoso, este último andou apenas no primeiro dia.

Para Bruno a experiência foi muito positiva e ele conta que foram dias de aprendizado. "Foi muito boa essa experiência. O carro é muito forte, chegando a 300 km/h no final da reta, o único problema para mim foram os pneus, que só tinham uma volta de grip e no resto acabavam. Foram mais de 30 pilotos testando ao longo dos três dias, sendo que 14 deles já conheciam o carro ou participaram da temporada de GP3. Ter terminado no Top-10 foi muito bom e superou minhas expectativas", contou Bruno.

Agora, Bruno Baptista retorna ao Brasil e, logo depois das festas de fim de ano, começará a definir sobre a temporada 2017. "Fiquei super feliz de ter mostrado meu potencial para todas as equipes. Agora, vou descansar um pouco e assim que passar as festas, começo a pensar nas possibilidades para o ano que vem. Mas sem dúvida que a GP3 é uma umas das possiblidades", finalizou o jovem patrocinado pela Skechers, líder mundial na indústria de calçado de alta performance e lifestyle.

Notícias

Página inicial