Motor On Line
Notícias-

Satti Racing disputa as 12 Horas de Tarumã com MCR #71 e #96
Reportagem: Niltão Amaral
Foto: Divulgação

Um duplo desafio para a Satti Racing: assim será a prova "12 Horas de Tarumã", que será realizada no próximo domingo, a partir da meia-noite, no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão (RS).

A duplicidade do desafio ocorre porque, pela primeira vez, a equipe estará com dois protótipos na pista, na maior prova de longa duração do país: o MCR #71 Turbo e o MCR #96.

O MCR #71, equipado com motor VW 2.0 Turbo, com Ian Ely e Daniel Claudino, vem de uma excelente temporada de estréia do conjunto carro / pilotos / equipe, na qual obteve um pódio na 3ª colocação e vitória na classe na última etapa. O carro (ex-#99, que era dos Hoerlle, carro que disputou várias 12h) já foi totalmente revisado pela Satti Racing e os pilotos realizaram treino noturno no último sábado. O motor passou por revisão pelo preparador "Sagüi" (amigo de longa data de Ronando Ely, lendas das pistas e pai de Ian e antigo parceiro da Satti), que trouxe experiência da arrancada e agregou muito ao motor do MCR Turbo.

O chefe de equipe, Eduardo "Sattinho", fala sobre esta parceria: "Temos uma parceria de longa data com o "Sagüi", desde a época da arrancada, e agregar esta parceria ao motor do MCR #71 tem sido parte importante da fórmula do nosso sucesso, passando bastante confiança e total disponibilidade, nos entregando um motor muito bom e que vem trazendo ótimos resultados", disse Satti.

Ian Ely fala sobre este mais novo desafio: "Estamos entusisamados por estar estreando numa das provas mais importantes do automobilismo brasileiro, mas estamos cientes que o desafio será grande, pois andar à noite é mais difícil, e também estaremos apenas em dois pilotos. Além disso, o nível dos carros e pilotos da classe GP1 é muito elevado, mas vamos achar um bom ritmo para andarmos tendo o mínimo possível de problemas.

"Será a realização de um sonho, desde "piá" acompanhava a prova pelo jornal, pela TV, e almejava um dia participar. O fato da prova ser à noite muda tudo, não se vê o horizonte, o carro fica mais sensível, então o clima de expectativa é parecido com o da nossa estréia no automobilismo, em abril. Vamos andar apenas em dois pilotos, sabemos que será puxado, então já estamos nos preparando fisicamente. O carro vem sendo melhorado e revisado durante o ano todo, principalmente após a última etapa. O objetivo é completar a prova e, se possível, em boa colocação", disse Claudino.

Já o MCR #96 terá um "mix" de pilotos experientes e estreantes no carro: Hardy Kohl, Lucas Kohl, Sid Bastos e Cleiton Zimmermann. Hardy e Lucas Kohl (pai e filho), farão sua segunda edição de 12 Horas juntos, sendo que Hardy já tem mais experiência, pois disputou várias edições e campeonatos, sagrando-se campeão em 2013 e já conquistado fita azul em 12 Horas. Lucas disputou a temporada 2015 do Endurance RS ao lado do pai, além da edição das 12 Horas de 2015, além de título na Fórmula Jr, e ter disputado algumas provas em categoria de acesso à Fórmula Indy neste ano.

"Estou bastante confiante, apesar de chegar direto para a corrida, pois ainda tenho alguns testes com a US2000 esta semana aqui nos EUA. Acredito que as nossas chances sejam boas, a Satti Racing trabalhou no carro e fez algumas modificações que aumentaram a confiabilidade. Sempre muito feliz em poder dividir o carro com o meu pai e também de trabalhar com o Sattinho e toda a equipe, estou muito motivado para buscar minha primeira vitória nas 12 Horas", disse o jovem Lucas.

Já Cleiton Zimmermann, canoense de 32 anos, não tem experiência de pista, mas traz uma vasta gama de títulos de kart, e conta a expectativa para sua estréia: "Apesar de ser minha estréia, estamos confiantes pois a Satti Racing é uma equipe bastante competente e tem um histórico positivo nesta categoria, apesar de sabermos que enfrentaremos pilotos experientes neste tipo de prova a qual regularidade e estratégia são muito importantes. Queremos somar o número de voltas necessário para sermos campeões", disse Zimmermann.

A programação começa na quinta (15), com treinos livres. O classificatório será realizado ao fim da tarde de sexta (16), e a largada das 12 Horas será dada à meia-noite do domingo (18). Os ingressos custam R$ 30 (arquibancada) e R$ 65 (credencial box), e podem ser adquiridos diretamente na bilheteria.

Notícias

Página inicial