Motor On Line
Notícias-

Kart: Braskart traz os motores Vortex ROK GP para a categoria brasileira
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Divulgação
KG Com
Categoria ROK Executive será disputada em 10 etapas na Granja Viana e garantirá duas vagas no Mundial.

Importadora dos vencedores chassis Tony Kart para o Brasil, a Braskart - dos empresários Pedro Serrano e Fernando Meira - anuncia uma bela novidade para a temporada 2017 do kartismo brasileiro. Os empresários promoverão a categoria ROK Executive, a ser disputada com os famosos e competentes motores ROK GP, fabricados pela italiana Vortex, subsidiária da Tony Kart.

A competição terá 10 etapas ao longo do ano e os dois primeiros colocados ao final do campeonato terão vaga garantida na final mundial dos motores ROK, em Lonato, na Itália, em outubro, em um pacote gratuito que incluirá kart completo, motor e inscrição.

O pacote para competir na ROK Executive durante a Copa São Paulo Granja Viana em 2017 será subsidiado pela Vortex e Braskart e poderá ser pago em 8 parcelas. Ao fim da competição o motor, completo, se tornará de propriedade do piloto.

"Será uma compra, não um aluguel, pois terminado o campeonato o piloto leva o motor para casa, é dele", explica Pedro Serrano. "O ROK GP é um motor de 36 hp’s, e é muito rápido, mais rápido que os outros motores de mesma cilindrada", completa.

O ROK GP é um motor de 125 cilindradas, com 36 hp’s, torque máximo de 20.2 Nm a 11.500 rpm, com rotação máxima de 15.000 rpm, limitados eletronicamente, e que utiliza carburador Dell’Orto, o mesmo utilizado na Shifter.

O motor ROK GP é utilizado em competições espalhadas pelos cinco continentes e realizadas em 25 países, dentre eles Estados Unidos, Alemanha, Itália, Portugal, Austrália, Nova Zelândia, Japão, Moçambique, África do Sul, Chile, Colômbia, México e Canadá, para citar alguns. Afora isso, tem sua final mundial realizada anualmente, para a qual outros dois pilotos brasileiros poderão adquirir vaga, além dos dois que se classificarão de forma automática ao terminarem a ROK Executive nas duas primeiras posições.

Recentemente o italiano Marco Ardigó, tricampeão mundial e piloto oficial da Tony Kart, esteve no Brasil, no Kartódromo Granja Viana, para trabalhar no acerto do motor ROK GP para as condições brasileiras, especialmente de combustível. "Foram três dias de bastante trabalho, mas que nos deram a certeza de que teremos um belo evento por aqui. Em Orlando, nos Estados Unidos, por exemplo, entre 35 a 40 pilotos competem nesta categoria. Aqui no Brasil já temos a confirmação de 25 interessados em disputar a ROK Executive , que certamente renderá belos frutos para o kartismo brasileiro", finaliza Pedro Serrano.

Para saber mais sobre a ROK Executive ou para garantir sua vaga na competição contate com Pedro Serrano, pelo fone (11) 99279-9818.

Notícias

Página inicial