Motor On Line
Notícias-

Novo Honda Civic Type R é exibido em Genebra
Reportagem: R. Leite / V. Costa / M. Dellabarba
Honda Brasil
Projetado para oferecer a mais prazerosa dirigibilidade no segmento hot hatch.

A Honda revelou no Salão de Genebra de 2017 o novo Civic Type R, que terá seu lançamento europeu no meio do ano. O automóvel ressalta a tradição da Honda em desenvolver hatchbacks de alto desempenho e representa a expressão final do segmento de pureza dinâmica.

Compartilhando os mesmos fundamentos que o novo Civic hatchback, o novo Type R foi projetado desde o início para entregar a unidade mais prazerosa no segmento hot-hatch - tanto na estrada, quanto em pistas de corrida.

Motor 2.0 litros VTEC TURBO aprimorado e transmissão manual de seis velocidades

O motor VTEC TURBO de 2.0 litros, coração da multipremiada geração anterior do Type R, foi otimizado e agora produz 320 cv com torque máximo de 400 Nm. A resposta do acelerador e a dirigibilidade melhoraram graças às configurações otimizadas do controle do motor.

A suave e precisa transmissão manual de seis velocidades foi aprimorada com um sistema de controle rev match, garantindo que não haja prejuízo na conexão gratificante do Type R com o motorista.

Chassi mais rígido e suspensão aprimorada

O novo Type R traz a carroceria mais leve e rígida do novo Civic hatchback e adiciona uso de adesivo em áreas-chave. Em comparação com o Type R anterior, a rigidez torcional foi melhorada em 38%.

A suspensão dianteira do tipo MacPherson do hatchback padrão foi revisada com nova geometria para minimizar o torque steer e maximizar o manuseio esportivo. Na parte traseira, o novo sistema independente multi-link do carro foi aprimorado com o uso de braços de suspensão de alta rigidez exclusivos.

Modos de condução melhorados

Uma seleção aprimorada de modos de condução dá ao automóvel uma maior facilidade de utilização em comparação com o Type R anterior. Um novo ajuste "Conforto" está disponível ao lado de modos mais ágeis como "Sport" e "+R", focado em pistas. Cada seleção ajusta os amortecedores adaptativos, esforço da direção, sensação de mudança de marchas e resposta do acelerador do carro sob demanda.

Aerodinâmica refinada para estabilidade em alta velocidade

O novo Type R tem um pacote aerodinâmico mais abrangente do que o modelo anterior, incluindo um assoalho mais liso, defletores dinâmicos de ar na dianteira, uma asa traseira de baixo peso e geradores de down force na parte traseira do teto. O corpo muscular e agressivo tem o melhor equilíbrio entre sustentação e arrasto, contribuindo para uma maior estabilidade em alta velocidade.

Produzido na Europa, exportado para os principais mercados do mundo

A produção do novo Civic Type R está prevista para começar no meio de 2017, na unidade fabril da Honda no Reino Unido (HUM) em Swindon - o centro global de fabricação para a 10ª geração do Civic hatchback.

O Type R será exportado para toda a Europa e para outros mercados em todo o mundo, incluindo o Japão e os EUA. Sua chegada na América do Norte marcará a primeira vez que um Honda Type R será oficialmente vendido por lá.

Sobre a Honda no Brasil:

Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 22 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros produtos. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,5 milhão de veículos. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1500 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. E a segunda planta de automóveis da marca foi construída na cidade de Itirapina (SP) porque muito mais está por vir. Saiba mais em www.honda.com.br e www.facebook.com/HondaBR

Notícias

Página inicial