Motor On Line
Notícias-

F-3 Brasil: Vitor Baptista e Igor Fraga são os primeiros poles em 2017
Reportagem: Luis Ferrari / Thiago Rocha
Foto: Marcus Cicarello
Com pista molhada, eles cravaram as voltas mais rápidas da F-3 Brasil e F-3 Academy em Curitiba, nesta sexta-feira, na abertura da temporada.

A chuva constante que se instalou em Curitiba na tarde desta sexta-feira (17) foi fator de desequilíbrio na formação do grid da etapa de abertura da temporada 2017 da F-3. Prevaleceu a adaptação rápida à condição da pista de Vitor Baptista, que conquistou a pole position da divisão principal nos minutos finais do treino classificatório. O piloto da Full Time cravou 1min27s852.

Dominante nos treinos livres com pista seca, Guilherme Samaia dava a impressão de que manteria o predomínio da equipe Cesário F-3 em largar do primeiro posto do grid, mas acabou ficando 0s681 atrás de Baptista. A terceira colocação ficou com Giuliano Raucci, que em 2016 disputou a F-4 italiana, dividindo pódios com Mick Schumacher, filho do alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de F-1.

Após o treino, Baptista reforçou sua torcida por chuva também na corrida de sábado, pois vê o clima como um fator que pode ser determinante para uma possível vitória. "No seco ainda tem muito a trabalhar, já que eu não consegui fazer os treinos de quinta-feira. Aposto na chuva para poder chegar entre os três primeiros e ser competitivo", reforçou o piloto, campeão da Euroformula Open em 2015.

Uma das novidades da temporada deste ano, a F-3 Academy, a divisão de acesso da categoria, terá Igor Fraga como o seu primeiro pole position. Ele conquistou o melhor tempo ao fazer 1min32s680, a quarta melhor marca do dia em Curitiba.

Evento suporte da Porsche Império GT3 Cup em Curitiba, a primeira etapa da F-3 será disputada neste sábado, com 12 carros no grid e duas corridas, às 9h e às 13h30, essa última com inversão de grid para os seis primeiros colocados da anterior.

Depoimentos

Vitor Baptista - pole da F-3 Brasil
"A classificação começou com pista bem úmida e conforme foi secando passou a valer um pouco a experiência de cada um. Após dois anos competindo na Europa, acho que isso me deu uma noção mais rápida para conseguir identificar onde está o ponto mais seco da pista para poder trocar de traçado no meio da classificação e tirar vantagem disso".

Guilherme Samaia - segundo colocado no grid da F-3 Brasil
"Fiquei feliz porque desde o último treino livre, que já foi com chuva, deu para melhorar bastante coisa no carro, então o resultado foi positivo. Eu vinha liderando até as últimas três voltas, a condição de pista foi melhorando e todo mundo começou a baixar tempo, mas infelizmente peguei uns cinco retardatários, isso acabou influenciando negativamente e fez com que eu perdesse o melhor da pista naquele momento. Perdi a pole, mas foi para um piloto bem experiente, que já andou na World Series e de F-3. Espero uma bela corrida, eu e o Vitor somos os mais experientes da categoria e condição de chuva dá uma igualada muito grande".

Giuliano Raucci - terceiro colocado no grid da F-3 Brasil
"É muito legal voltar para o Brasil e ver que a categoria está se valorizando. A classificação foi muito boa para o tempo de pista que tenho aqui, mesmo com condição adversa. O carro se mostrou muito bom na chuva. Consegui me adaptar rápido, o tempo na pista me ajudou a entender melhor o atraçado, mas ainda tem para melhorar para a corrida".

Igor Fraga - pole da F-3 Academy
"Para a corrida, foi bom que o tempo estava instável. A classificação foi muito boa, consegui ser bem constante".

Grid de largada da F-3 em Curitiba:

1° V. Batista 1:27.852
2° G. Samaia 1:28.533
3° G.Raucci 1:32.448
4° I. Fraga* 1:32.680
5° P. Caland 1:32.805
6° L.Souza 1:33.551
7° Ma.Coletta* 1:34.297
8° R. Barranco 1:37.218
9° E. Elias* 1:38.973
10° S. Henrique* 1:42.735
11° P. Goulart* 1:46.387
12° Mu.Coletta 1:36.764

*F-3 Academy

Notícias

Página inicial