Motor On Line
Notícias-

Rally: de Holambra bate recorde de inscritos no Campeonato Paulista
Reportagem: Isis Moretti
Foto: Gustavo Epifanio
Liberdade de Ideias
A primeira edição do Rally de Holambra contou com 23 carros, que deram início ao Campeonato Paulista de Rally de Velocidade.

Grid cheio como há tempo não se via no rali de velocidade! O Rally de Holambra estreou no calendário do off-road nacional superando os números e apresentando uma organização séria e empenhada em fazer um evento de alto nível. Unindo duas modalidades - regularidade e velocidade -, o final de semana de 18 e 19 de março, foi de muita adrenalina e com o ecoar dos motores chamando a atenção da população de Holambra e região. A concentração esteve no Parque Expoflora, em Holambra - a 130 quilômetros da capital paulista.

Depois de fechar com chave de ouro a competição do Regularidade, foi hora de dar o sinal verde para a Velocidade. Às 9h, do domingo, 19, a dupla Luiz Facco e Francis Herrero deu início às disputas. O Rally de Holambra valeu pela abertura da temporada 2017 do Campeonato Paulista de Rally de Velocidade e Campeonato Paranaense de Rally de Velocidade.

Após uma forte chuva no sábado à noite (que deixou equipes e organização apreensivas quanto ao futuro da prova de domingo), o dia amanheceu com Sol forte. Resultado: etapa autorizada, porém, com chão molhado e trechos de lama - obstáculos que colocaram doses extras de emoção aos competidores que, consequentemente, foram mais exigidos para controlar os veículos, sem perder o ritmo de velocidade.

O certame foi composto por dois roteiros, sendo: Especial Palmeirinha de 21,3 quilômetros, cumprida em três rodadas. "O terreno era misto, com cascalho e chão batido. Teve muitos saltos, mas com retas bem longas, onde atingimos os 190 km/h. Passamos por eucaliptos e cana-de-açúcar", descreveu o navegador Fausto Dallape, da Reijers Motorsports.

O regulamento permite 35 minutos para uma revisão nos carros. Na sequência, os off-roaders seguiram para a Especial Opa (pronuncia Oupa - em holandês, que significa avô). Eles aceleraram no trajeto por quatro vezes, sendo que no final da prova, receberam a visita da chuva para deixar o que estava difícil, ainda mais complicado. Um super prime de 1,6 quilômetros em terreno liso, com muita lama e sinuoso, marcou o encerramento do 1º Rally de Holambra.

Com o pé direito

Completados os 90 quilômetros do 1º Rally de Holambra - tendo Paulo Leite como diretor técnico -, os campeões foram conhecidos. E, com muita alegria, Alexandre Figueredo e Fred Zettel levantaram o troféu de primeiro lugar. "No levantamento inicial, fizemos algumas observações com pontos onde poderíamos acelerar e identificamos apenas dois trechos com água. Porém, por causa da chuva refizemos os apontamentos, afinal, o piso ficou mais liso e, onde podíamos acelerar, estava mais perigoso, além de poças d’água por todos os lados. Optamos por ser mais cautelosos, porém, sem perder o tom da disputa", disse o navegador Fred Zettel.

Os vice-campeões foram Roberto Reijers e Fausto Dallape, com uma diferença de apenas 1 minuto e 25 segundos. "Felicidade imensa em subir no pódio do Rally de Holambra, minha cidade natal. Aceleramos forte em busca desse resultado e encaramos desafios bem intensos. Por fazer o reconhecimento do percurso antes da largada, isso nos proporciona mais segurança para acelerar, e aí, a diferença está na coragem de cada participante ao desempenhar (ou não) determinadas manobras em alta velocidade. E para subirmos no pódio, ousadia não nos faltou", contou o piloto Reijers.

E na terceira posição, com 01 minuto e 17 segundos atrás de Reijers / Dallape, vieram Thiago Larrosa e KZ Morales. "A chuva nos atrapalhou bastante, pois pegamos um cenário diferente do que tínhamos observado no levantamento. Foi difícil manter as médias que havíamos estudado e tivemos que nos adaptar a um novo piso; não podemos controlar o clima e isso faz parte do nosso esporte. Apesar dos contratempos climáticos, fizemos uma boa prova e, por ser a primeira etapa do campeonato, ficamos bem animados por continuar a temporada do Paulista e Brasileiro", destacou Morales.

Após a premiação, a festa ainda continuou com a exposição de carros antigos, Trekker Trek, triciclos, food-trucks e park kids. Agora, fica a expectativa para a próxima etapa do Campeonato Paulista de Velocidade que será realizada no dia 11 de junho, na cidade de Taubaté, SP. Antes disso, haverá a abertura do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, em Estação, RS, no dia 23 de abril.

Classificação - 1º Rally de Holambra

Modalidade Velocidade

Categoria RC2 N
1º Alexandre Figueiredo e Fred Zettel, 00:32:01
2º Roberto Reijer e Fausto Dallape, 00:33:27
3º Tiago Larrossa e KZ Morales, 00:34:44
4º Cesar Moreno e Fabiano Renno, 00:36:30
NC Luiz Facco e Francis Herrero

Categoria RC4
1º Júnior Siqueira e Tony Kranzegger, 00:37:10
2º Felipe Marra e Thiago Osternack, 00:38:55
3º Emerson Destro e Sergio Avalone, 00:43:01
NC Luis Stedile e Armando Miranda
NC Emerson Cavassin e Rafael Frasson

Categoria RC4 Light
1º Cristiano Camargo e Damon Alencar, 00:37:38
2º Marcos Finato e Kaique Bentivoglio, 00:42:05
3º Fabricio Bianchini e Caio Santos, 00:50:58
NC Tiago Reijers e Rodrigo Konig

Categoria RC5
1º Perci Hultmann e Juliano Zerbinato, 00:39:53
2º Nilo Bezerra e Enzo Jorge, 00:41:21
NC Alvaro Orioli e Vinicius de Paula
NC Edu Paula e Bruno Scarpelli
NC Francisco Vital e Kléber Cavalcanti
NC Alessandro Quim e Ege Paganini

Categoria RC5
1º Marco Kanegae e Eduardo Costa, 00:41:00

O Rally de Holambra conta com patrocínio de Reijers, Agência Hangar 8, Dopamina, Cerveja Império e Trilha 4x4 Campinas. Apoio da Prefeitura Municipal de Holambra, Logos e Tipos Comunicação Visual, Fofo Esportes, Tulipa Rally, Explo Flora, Hotel Villa de Holanda, Green House Estufas Agrícolas, WB, Gonçalves, Alpha Resgate e Posto Pioneiro

Notícias

Página inicial