Motor On Line
Notícias-

F-3 Brasil: CBA entrega prêmio da categoria ao campeão brasileiro de Kart
Reportagem: Felipe Lopes / Emerson de Souza
Foto: Divulgação
Press FC
Gaúcho Pedro Goulart estreou, neste fim de semana, na primeira temporada do F3 Academy.

Conforme anunciado no ano passado, a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) ofereceu ao Campeão Brasileiro de Kart, da categoria Sudam, a oportunidade de participar de uma temporada completa da F-3 Brasil.

As disputas, ocorridas em julho de 2016, tiveram como vencedor o piloto gaúcho Pedro Goulart que, simbolicamente, recebeu seu prêmio. Assim como previa o regulamento da premiação, ele passou a usufruir de seu cobiçado prêmio neste fim de semana quando, efetivamente, teve início a temporada 2017 da F3 Brasil, em Pinhais - PR. O piloto participará do campeonato na divisão F3 Academy com o carro #119 da equipe ECS Racing.

O gaúcho foi para a pista na manhã de sexta-feira e, passadas ansiedade e euforia da estreia durante os treinos, deparou-se com condições de pista seca e molhada que, por fim, deram-lhe uma importante bagagem para a disputa das duas provas que estavam por vir.

Após largar na quinta colocação para a primeira corrida, Pedro Goulart, seguindo as orientações dos engenheiros da equipe, procurou não se envolver em toques e ficar o máximo de tempo possível na pista. Assim, com tranquilidade e melhorando sempre seus tempos de volta, ele terminou a primeira corrida na terceira posição e, na segunda corrida, recebeu a bandeirada na quinta colocação. Goulart ocupa agora a vice-liderança do F3 Academy com 14 pontos conquistados.

“Eu estava muito ansioso por este momento. Agradeço a CBA pelo prêmio e ao Rogério Raucci, responsável pela equipe pela qual eu correrei em 2017. O carro é muito rápido e freia bastante. Estou me acostumando ainda e tenho certeza de que poderei aprender muito ao longo do ano”, comentou o piloto.

Waldner Bernardo, o “Dadai”, que assumiu a presidência da CBA na última sexta-feira, acompanhou pessoalmente a estreia de Pedro Goulart.

“O mais importante da F3 Academy é a formação. É óbvio que equipes e pilotos trabalharão para ganhar, mas o que ficará para o automobilismo brasileiro é a evolução técnica e de conhecimento geral que esse profissionais terão ao longo da temporada. Foi uma grande satisfação poder acompanhar a materialização do prêmio concedido pela CBA”, afirmou Dadai.

Notícias

Página inicial