Motor On Line
Notícias-

Rally: em Mogi Guaçu o Mitsubishi Cup deu a largada para a temporada
Reportagem: Isis Moretti
Foto: Claudio Rieser
Liberdade de Ideias
Foi um dia de muitas estreias na competição, que chega em 2017 inovando no cenário off-road.

A primeira etapa da Mitsubishi Cup 2017 proporcionou um dia de fortes emoções aos participantes. Com algumas novidades para essa nova temporada, a competição da marca dos três diamantes foi realizada neste último sábado, 01 de abril, na cidade de Mogi Guaçu, interior de São Paulo. A concentração foi no Autódromo Velo Città, que recebeu 31 carros entre as categorias Triton ER, Triton ER Máster, Triton Sport RS, ASX RS e Pajero TR4 ER.

Entre tantas novidades que o campeonato trouxe para essa 14ª edição da Mitsubishi Cup, tudo era absolutamente novo para a dupla Flávio Lunardi e Fred Budtikevits, que pela primeira vez acelerou uma Mitsubishi Triton RS e disputou uma Mitsubishi Cup.

"Desde a proximidade da nossa largada, que aconteceu às 9h23, até a hora do encerramento do evento. O coração esteve sempre acelerado, com a adrenalina elevada e avaliamos constantemente a nossa performance. Estivemos o tempo inteiro atentos nas manobras e onde poderíamos melhorar, avaliamos nossos erros e observamos o desempenho dos adversários, com por exemplo, comparando os tempos etc. Assim foi nossa primeira experiência na Mitsubishi Cup, um dia de muito aprendizado e a certeza de que teremos um período necessário de adaptação à picape", comentou o piloto Lunardi. Na etapa de estreia da Bulldog Racing, o resultado da equipe foi o sexto lugar na categoria Triton Sport RS.

Sem medo para acelerar

A primeira etapa da Mitsubishi Cup teve duas provas de 32 quilômetros e marcou a vinda de Edu Sachs, como diretor de prova. O roteiro passou por entre plantações de cana-de-açúcar e café, cujos terrenos apresentaram buracos e lombas. A navegação foi exigida, diante de um roteiro com várias mudanças de direção (sendo algumas escondidas). "Havia diversas pegadinhas, ou seja, tínhamos que virar a esquerda ou direita, e só era possível ver essas entradas em cima da hora. Logo, as chances de não vê-las ou passar direto, eram grandes. Olhos bem abertos e atenção 100% da disputa", contou Budtikevits.

Depois de concluídas as duas baterias, era hora de vivenciar a grande mudança do campeonato: a prova de rali cross. A primeira volta foi classificatória e definiu a ordem de largada. Feito isso, as disputas aconteceram com quatro carros simultaneamente dentro do percurso de 1,3 quilômetro, que foi percorrido por quatro voltas. A Bulldog Racing aprovou este formato, principalmente, porque ele aumenta a rivalidade entre as equipes e torna a disputa ainda mais emocionante. "Foi uma boa estreia para nós. Na nossa categoria, a dupla menos experiente, tem dez anos de rali", brincou Lunardi. "E sobre o carro... Simplesmente fantástico! Tenho certeza de que teremos bons resultados com ele", encerrou o piloto.

A próxima disputa da Bulldog Racing será no Rally Cuesta Off-Road, dia 06 de maio, em Botucatu, SP.

A equipe Bulldog Racing tem patrocínio de Luna Incorporadora. E apoio de Henz Engenharia

Notícias

Página inicial