Motor On Line
Notícias-

Pizzol e Martins querem vencer no Paranaense
Reportagem: Bispo Neto
MRT

A dupla catarinense Davi Dal Pizzol / Luciano Martins (Mundial Textil) participa no fim de semana (7 a 9/4) da segunda etapa do Metropolitano de Curitiba e primeira do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2017, na categoria Marcas “A”. A etapa será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), onde Pizzol e Martins vão em busca da pole position e vitória nas duas provas, a bordo do Gol n.º 72, que tem preparação da Pein Competições, do experiente preparador Sérgio Pein.

O catarinense Davi Dal Pizzol (Mundial Textil) é um piloto rápido e técnico, que tem em sua “bagagem” três títulos o Metropolitano e um do Paranaense de Velocidade no Asfalto. Este ano está correndo em dupla com Luciano Martins, iniciando bem a primeira etapa do Metropolitano de Curitiba. Durante o treino classificatório da categoria Marcas “A”, Pizzzol e Martins marcaram o te4mpo de 1min40s749, marcando a pole position na Geral. Na primeira prova, Davi Dal Pizzol perdeu a liderança na primeira volta, mas pressionou o líder Gustavo Magnabosco boa parte da corrida, onde os quatro pilotos da equipe Pein Competições “brigavam” pela liderança. Ao fim de 20 voltas, vitória de Gustavo Magnabosco, com tempo total de 33min48s585, seguido de Davi Dal Pizzol, a 14s362, Gustavo Dal Pizzol, a 21s215, Richard Heidrich, a 22s656, Emílio Weiss, a 23s056, e, Ruslan Carta Filho, a 31s128.

Na segunda prova, o piloto Luciano Martins (Mundial Textil) assumiu o comando do Gol n.º 72. Na largada, se enroscou com adversários no fim da reta e caiu para a sexta posição. Passou a imprimir bom ritmo de corrida e assumiu o quinto lugar na terceira volta e passou para a quarta posição na volta seguinte. Manteve o quarto lugar por cinco voltas, quando seu carro perdeu rendimento e quebrou na 12.ª volta e Martins abandonou a corrida. Após 20 voltas, a vitória foi novamente de Gustavo Magnabosco, com tempo de 34min46s218, seguido de Gustavo Dal Pizzol, a 12s151, Richard Heidrich, a 12s554, Andrei Carta, a 23s127, Guto Baldo, a 1min13s082 e Luciano Martins, a oito voltas. Somados os pontos das provas disputadas, Pizzol e Martins concluíram a etapa em quinto lugar na Marcas “A”, com 19 pontos ganhos.

“Tínhamos tudo para estar melhor na classificação do campeonato, mas a quebra nos tirou pontos importantes. Porém, já deixamos o carro em condições de “brigar” pela vitória nas duas corridas deste fim de semana”, disse Davi Dal Pizzol. “O Metropolitano de Curitiba é muito disputado e nesta etapa que vale pelo Paranaense, será ainda mais. Mas vamos em busca da vitória na nossa categoria”, concluiu Luciano Martins.

Com uma etapa realizada e duas provas disputadas, a classificação do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017, na categoria Marcas “A” é a seguinte:

1.º) Gustavo Magnabosco (SC), 43 pontos;
2.º) Gustavo Dal Pizzol (SC), 30;
3.º) Richard Heidrich (SC), 25;
4.º) Ruslan Carta/Andrei Carta (PR), 19;
5.º) Davi Dal Pizzol / Luciano Martins (SC), 19;
6.º) Guto Baldo (PR), 13;
7.º) Emílio Weiss (PR), 11;
8.º) Algacir Sermann Filho / Rodrigo Tassi (PR), 7;
9.º) Jair/Duda Bana (PR), 6; e em
10.º) Thiago Oliveira (PR), 4.

Notícias

Página inicial