Motor On Line
Notícias-

Provas do Metropolitano e Paranaense movimentam o domingo em Pinhais
Reportagem: Bispo Neto
MRT

No domingo (9/4) teve chuva de manhã e sol à tarde em Curitiba, durante as provas da segunda etapa do Metropolitano de Curitiba e primeira do Paranaense de Velocidade no Asfalto 2017, com bons “pegas” no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), que conta com o apoio da Bana Pneus, Pirelli, Rodas Scorro e Grupo Taborda. A etapa foi disputada nas categorias Marcas “A” e “B”, Turismo 1.6 “C” “I” e “T” e Turismo 5000, com promoção e organização da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante os Treinos Classificatórios do Mertropolitano e do Paranaense que definiram os grids de largada, os três primeiros por categoria foram:

Marcas “A”:
1.º) Gustavo Magnabosco (SC), 1min39s835;
2.º) Ruslan Carta Filho / Andrei Carta (PR), 1min40s048;
3.º) Richard Heidrich (SC), 1min40s051.

Marcas “B”:
1.º) Odair do Santos (PR), 1min40s734;
2.º) Rafael Barranco (PR), 1min40s794;
3.º) Lúcio Seidel / Edson Bueno (SC), 1min41s339.

Turismo 1.6 “I”:
1.º) Elberto Alves (SC), 1min43s191;
2.º) Marcelo Cordeiro / Júlio Bueno (PR), 1min43s444;
3.º) Roger Franke / André Conti (SC), 1min43s768.

Turismo 1.6 “C”:
1.º) Luiz Inowe / Márcio Imagava (PR), 1min43s244;
2.º) Roberto Bonato / Evandro Maldonado (PR), 1min43s716;
3.º) Rodrigo Tassi / Luiz Ferreira (PR), 1min43s750.

Turismo Terra “A”:
1.º) Leonardo Kovalski (PR), 1min42s998;
2.º) A. Perreira / B. Chyla (PR), 1min45s533.

Turismo Terra “B”:
1.º) T. Brandt / M. Mildenberg (SC), 1min44s067;
2.º) Emerson Ezwed (PR), 1min45s341;
3.º) J. Lorentz / F. Silva (PR), 1min45s549.

Turismo Terra “C”:
1.º) N. Silva / C. Fior ((PR), 1min44s995;
2.º) Marco Filho ((PR), 1min45s498;
3.º) M. Zen / M. Tokarski (PR), 1min47s924.

Turismo 5000:
1.º) Anderson Andrade (PR), 1min35s252;
2.º) Armin Kliewer (PR), 1min35s759;
3.º) Marco Garcia (PR), 1min35s818.

Marcas

A primeira prova das categorias Marcas, com 35 participantes, teve largada às 9h50 deste domingo (9/4), realizando prova muito disputada nas duas categorias. A largada foi com o Safety Car e procedimento de chuva. O pole position Gustavo Magnabosco manteve a liderança na largada, seguido de perto por Ruslan Carta Filho, Richard Heidrich, Edoli Caus Jr, Paulo Bento e Gustavo Dal Pizzol. Na sexta volta, o Safety Car entrou pela primeira vez para a retirada de carros acidentados no fim da reta, ficando por duas voltas. Largou novamente na oitava volta, mas outro acidente, agora na “junção” entre três carros, provocou nova intervenção do Safety Car, por uma volta. O grande “pega” da prova foi protagonizado por Ruslan Carta Filho, Paulo Bento e Edoli Caus Jr, do início ao fim da corrida mudando várias vezes as posições entre si, da segunda à quarta posições. Depois de 15 voltas, a vitória na Geral e na Marcas “A” foi de Gustavo Magnabosco com tempo total de 35min19s154, seguido de Ruslan Carta Filho, a 3s256, Edoli Caus Jr, a 5s610, Paulo Bento, a 6s414, Lucas Inowe, a 13s576, e em sexto lugar, Adriano Barbosa, a 14s052. E na Marcas “B” venceu Rafael Barranco, com tempo total de 35min29s099, vindo a seguir Lúcio Seidel, a 0s919, Gefferson de Lima, a 1s541, Wilians Peres, a 4s933, Eduardo Pavelski, a 8s109, e, Anderson Portes, a 8s799.

Na segunda prova das categorias Marcas “A” e “B”, que aconteceu às 13h40 também foi muito disputada, com os 35 carros dando show de pilotagem por melhores posições na pista. Na largada Gustavo Magnabosco manteve a liderança na primeira volta, seguido de Andrei Carta, André Bragantini Jr, Gefferson de Lima, Edoli Caus Jr e Rafael Barranco. Na terceira volta, Edoli Caus Jr ultrapassou André Bragantini Jr assumindo o terceiro lugar. O grande “pega” da prova ficou por conta de Edoli Caus Jr, Richard Heidrich e Marcel Sedano pela terceira, quarta e quinta posições. O Safety Car entrou na pista na quarta e na sétima volta para a retirada de carros acidentados. Após 18 voltas, nova vitória de Gustavo Magnabosco na Geral e na Marcas “A”, com tempo total de 33min28s784, com Andrei Carta em segundo, a 2s830, Edoli Caus Jr em terceiro, a 3s386, Richard Heidrich em quarto, a 6s304, Marcel Sedano em quinto, a 6s524, e, Gustavo Dal Pizzol em sexto, a 7s621. E na Marcas “B” nova vitória de Rafael Barranco com tempo total de 33min40s894, seguido de Eduardo Pavelski, a 6s564, Wilians Peres, a 6s911, Alisson Nurnberg, a 7s236, Gefferson de Lima, a 7s851, e, Caio Carvalho, a 10s504. Gustavo Magnabosco marcou a volta mais rápida das duas provas, na 4.ª passagem da segunda corrida, com o tempo de 1min39s838, à média de 133,838 km/h.

A classificação final da etapa por categoria foi a seguinte:

Marcas “A”:
1.º) Gustavo Magnabosco, 40 pontos;
2.º) Ruslan Filho / Andrei Carta, 30;
3.º) Richard Heidrich, 22;
4.º) Gustavo Dal Pizzol, 18;
5.º) Algacir Sermann Jr / Rodrigo Tassi, 18.

Marcas “B”:
1.º) Rafael Barranco, 40;
2.º) Eduardo Pavelski, 23;
3.º) Wilians Peres, 22;
4.º) Lúcio Seidel / Edson Bueno, 21; e
5.º) Gefferson de Lima, 20.

Turismo 1.6

As categorias Turismo 1.6 “I”, “C” e “T” reuniram 36 carros, que foram para a primeira prova às 10h45, muito disputada e proporcionando momentos de muita emoção. O pole position Leonardo Kovalski teve problemas e largou dos boxes. Com isso, Elberto Alves largou na frente e perdeu a liderança na primeira volta para Márcio Imagava, seguido por Roberto Bonato, Marcelo Cordeiro, André Conti, Beto Baú e Rafael Lupatini. Na quinta volta, André Conti ultrapassou Roberto Bonato e assumiu o segundo lugar. Da décima volta, Elberto Alves superou Roberto Bonato ficando com o terceiro lugar. E na penúltima volta André Conti assumiu a liderança para não mais perdê-la. A prova terminou com Safety Car. Ao fim de 18 voltas, vitória de André Conti na Geral e na Turismo 1.6 “I”, com tempo total de 34min03s192, seguido de Cleves Fermentão, a 3s543, Maurício Gaudêncio, a 25s196 e em quarto lugar, Elberto Alves, a duas voltas. Na Turismo 1.6 “C”, vitória de Roberto Bonato, com tempo de 34min03s378, com Márcio Imagava em segundo, a 0s050, Beto Baú em terceiro, a 0s785, Geovane Ciesielski em quarto, a 1s216, José Pederneiras, a 1s891 e em sexto, José Cavassin, a 2s843. E na Turismo 1.6 “T”, venceu Tiago Brandt, com tempo de 34min10s866, vindo a seguir A. Pereira, a 0s992, Emerson Szwed, a 3s713, Marco Filho, a 6s744, Denizard Santos, a 16s967, e, Leonardo Kovalski, a uma volta.

Na segunda prova das categorias Turismo 1.6 “I”, “C” e “T” que aconteceu às 14h50, em mais uma corrida muito movimentada. O pole position Roger Franke manteve a liderança na primeira volta, seguido de Lucas Inowe, Evandro Maldonado, Rodrigo Kostin, José Pederneiras e Adriano Botelho. Na terceira volta Lucas Inowe assumiu a liderança, na sétima volta Roger Franke retomou a ponta e na 12.ª passagem Leonardo Kovalski assumiu a liderança para não mais perde-la. Após 18 voltas, vitória de Leonardo Kovalski na Geral e na Turismo 1.6 “T”, com tempo total de 34min35s320, seguido de Felipe Silva, a 9s598, Emerson Szwed, a 14s588, Marco Filho, a 15s008, Bruno Chyla, a 16s269, e, Marco Mildenberg, a 17s865. Na Turismo 1.6 “C”, vitória de Lucas Inowe, com tempo de 34min36s596, tendo Adriano Botelho em segundo, a 5s086, Rodrigo Kostin em terceiro, a 5s476, José Pederneiras em quarto, a 6s279, José Cavassin, a 7s079, e, Geovane Ciesielski, a 7s430. A volta mais rápida das provas disputadas, foi de Leonardo Kovalski, na 2.ª passagem da segunda corrida, com tempo de 1min42s550, à média de 129,712 km/h. E na Turismo 1.6 “T” venceu Carlos Kavilhuka com tempo de 34min10s844.

A classificação final da etapa por categoria foi a seguinte:

Turismo 1.6 “C”:
1.º) Lucas Inowe / Márcio Imagava, 35 pontos;
2.º) Rodrigo Kostin / Beto Baú, 24;
3.º) Roberto Bonato / Evandro Maldonado, 24;
4.º) José Pederneiras, 20;
5.º) Caio / Adriano Botelho, 19.

Turismo 1.6 “I”:
1.º) Roger Frank / André Conti, 40;
2.º) Elberto Alves, 27;
3.º) Karl Rauscher / Maurício Gaudêncio, 27.

Turismo 1.6 Terra “A”:
1.º) Leonardo Kovalski, 35;
2.º) André Pereira / Bruno Chyla, 35.

Turismo 1.6 Terra “B”:
1.º) Tiago Brandt / Marco Mildenberg, 32;
2.º) EmersonSzwed, 30;
3.º) Denizard Santos, 22.

Turismo 1.6 Terra “C”:
1.º) Marco Filho, 40;
2.º) Pablo Falquete, 27; e
3.º) M. Zen / M. Tokarski, 15.

Turismo 5000

A categoria Turismo 5000 foi a única que realizou prova na tarde deste sábado (8/4), com a primeira corrida iniciando às 15h30. Mesmo reunindo apenas sete pilotos, a prova foi muito disputada, com Anderson Andrade largando na pole position e vencendo de ponta a ponta. Anderson sofreu pressão apenas no início da corrida, de Armin Kliewer e Marco Garcia e depois foi abrindo aos poucos. Marco Garcia perdeu a terceira posição para Richard Heidrich na primeira volta, mas se recuperou na volta seguinte e Wanderlei Berlanda quebrou na 11.ª volta. Após 15 voltas, vitória de Anderson Andrade, com tempo total de 24min08s083, seguido de Armin Kliewer, a 6s186, Marco Garcia, a 7s002, Richard Heidrich, a 16s041, Rubens Kliewer, a 25s175, Márcio Reuter, a 56s474, e, Wanderlei Berlanda em sétimo, a quatro voltas.

Largando com grid invertido como está no regulamento da categoria, a segunda prova da Turismo 5000 largou as 11h40 no domingo (9/4), com Wanderlei Berlanda largando na pole position, seguido de Márcio Reuter, Rubens Kliewer, Richard Heidrich, Marco Garcia, Armin Kliewer e Anderson Andrade. Com os carros mais rápidos vindo de trás, a prova ganhou emoção e volta a volta os ponteiros foram mudando. Na primeira e segunda voltas Márcio Reuter manteve a liderança. Na terceira volta o líder era Marco Garcia e na 12.ª volta Anderson Andrade assumiu a liderança para não mais perdê-la. Após 15 voltas, nova vitória de Anderson Andrade, com tempo total de 24min09s346, tendo Marco Garcia em segundo, a 1s513, Armin Kliwer em terceiro, a 6s513, Rubens Kliewer em quarto, a 21s148, Wanderlei Berlanda em quinto, a 1min04s067, e, Márcio Reuter em sexto, a seis voltas. A volta mais rápida das provas disputadas foi de Anderson Andrade, na 2.ª passagem da primeira corrida, com o tempo de 1min35s168, à média de 139,774 km/h.

A classificação final da etapa por pontos foi a seguinte:

1.º) Anderson Andrade, 40 pontos;
2.º) Marco Garcia, 27;
3.º) Armin Kliewer, 27;
4.º) Robens Kliewer, 18;
5.º) Wanderlei Berlanda, 12;
6.º) Richard Heidrich, 10; e
7.º) Márcio Reuter, 6.

A terceira etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017 está marcada para os dias 6 e 7 de Maio, no AIC.

Notícias

Página inicial