Motor On Line
Notícias-

Kart: pela Shell Racing Gianluca Petecof inicia disputa do Europeu na Itália
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Joan Codina
Serão cinco etapas passando também por Espanha, França, Finlândia e Suécia, com quase 80 adversários. Paulista de 14 anos busca consistência entre os mais rápidos na categoria OK.

Uma das principais competições do kartismo mundial, o Campeonato Europeu CIK-FIA tem início neste fim de semana (21 a 23 de abril), no circuito de Sarno, no sul da Itália. Entre os 77 competidores da classe OK está o paulista Gianluca Petecof, de 14 anos, que faz sua primeira temporada nesta categoria e também pela tradicional equipe Tony Kart. Após o período de adaptação a essas novidades, o representante da Academia Shell Racing vai em busca de consolidação de sua boa performance.

Além da rodada inaugural na Itália, o Campeonato Europeu de Kart ainda passa por Espanha, França, Finlândia e Suécia, entre abril e julho. Para Gianluca, ter Sarno como palco da primeira etapa é um ponto positivo, já que há menos de duas semanas o piloto esteve lá para a disputa do WSK Super Master Series. Na ocasião, Petecof se destacou como um dos mais rápidos, chegando inclusive a liderar um dos treinos, mas teve de lidar com imprevistos nas corridas. Dessa vez, ele está confiante para transformar todo o potencial demonstrado até aqui em resultados.

Os treinos livres oficiais para a etapa acontecem na sexta-feira, com quatro sessões cronometradas. No sábado, os pilotos participam da tomada de tempos, que definirá a divisão de grupos (5 no caso da categoria OK) e a posição de largada nas baterias classificatórias, quando todos os grupos se enfrentam entre si. Os competidores recebem pontos de acordo com o resultados dessas corridas, com o vencedor recebendo 0 pontos, o 2º colocado soma 1 ponto, o 3º soma 2 e assim por diante. Ao fim da fase classificatória, os 34 melhores disputam a corrida final da etapa.

Para a classificação geral do campeonato, os 10 melhores colocados da fase intermediária (após as baterias classificatórias) somam pontos (de 10 a 1, em ordem decrescente), assim como os 15 melhores posicionados na final (25, 20, 16, 13, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1). Haverá ainda uma classificação para o Rookie of the Year, o melhor novato do ano na categoria, seguindo o mesmo padrão de pontos da geral.

O que ele disse:

"A transição para a categoria OK, onde os pilotos são mais velhos e experientes, e também a chegada em uma nova equipe são grandes mudanças, e consegui me adaptar bem, já mostrando que temos potencial para andar entre os primeiros. O objetivo no Campeonato Europeu é comprovar isso a cada etapa, seguir evoluindo, conquistar resultados constantes entre os top-10, e buscar o destaque entre os rookies".

Gianluca Petecof

Sobre a plataforma da Raízen em motorsport:

A Raízen, por meio da marca Shell, promove a maior plataforma de patrocínio em esporte a motor no Brasil, a Academia de Pilotos Shell Racing. A marca apoia oito pilotos entre as modalidades do kart, Brasileiro de Turismo, Stock Car e Porsche Império GT3 Cup. O projeto está em linha com a estratégia global da marca, que, além do mais longevo patrocínio do automobilismo mundial com a Scuderia Ferrari na F1, está presente na Nascar, Indycar, V8 Australiana e Campeonato Mundial de Endurance.

Na temporada 2017, a Raízen patrocina o piloto Gianluca Petecof por meio do projeto "Formando um verdadeiro campeão" (promovido pelo Kart Clube Granja Viana), incentivado pela Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte.

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 63 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.900 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial