Motor On Line
Notícias-

Kart: curiosidades das 500 Milhas / a prova mais democrática do mundo
Reportagem: Rodrigo França
Foto: José Mario Dias
RF1
Uma 500 Milhas que reúne pilotos de F-1 e amadores na mesma pista: conheça mais sobre a prova de amanhã.

Neste fim de semana será disputada a 21ª edição das 500 Milhas de Kart, prova de longa duração que nasceu em 1997 como uma confraternização de fim de ano entre os melhores pilotos do Brasil. Todos os anos, desde então, a corrida mescla competidores de diversas categorias, jovens kartistas, pilotos de campeonatos amadores e até uma equipe de jornalistas e outra de artistas.

É sem dúvida a corrida mais democrática de longa duração do kartismo mundial, pois reúne na mesma pista nomes consagrados da F-1 e Indy e inclui pilotos que fazem nas 500 Milhas de Kart sua primeira corrida como piloto depois de competir em campeonatos de kart indoor.

Confira um breve guia sobre a corrida deste sábado, que terá transmissão no Sportv na primeira e última hora e na íntegra no Sportv.com. A largada será ao meio-dia e meia e a previsão de chegada é meia-noite.

Pista

Uma das novidades de 2017: o Kartódromo Granja Viana voltou a receber a prova no ano passado, mas agora a novidade é um asfalto que deixou a pista ainda mais rápida. Um trecho de miolo também foi reduzido, ficando com extensão de 1.130 metros e ampliando a velocidade que os karts chegam ao final da reta, de quase 100 km/h.

O kart

O kart carenado (Pro-500) tem motor Honda 13HP que, com preparação, chega a 20 cavalos. Assim como pneus e combustível, este é um item igual para todos, sorteado e equalizado pela própria organização. O chassi é livre: seis fábricas estão presentes. O peso com piloto é de 200 kg - checados na entrada de box. Abaixo disso, o time sofre penalização.

Thunder Light

Em 2017, uma nova categoria foi criada: a Thunder Light. Os 10 competidores competem com este mesmo chassi (Thunder) e tem o mesmo atendimento de mecânicos ao longo da prova. Os pilotos desta categoria podem, inclusive, vencer na geral.

Jogo de equipe

Nesta pista, o vácuo dos karts carenados ajuda muito a andar mais rápido e economizar combustível – itens fundamentais para se dar bem na estratégia vencedora. Com isso, é comum times de 2, 3 e até 4 karts ficarem “se empurrando” ao longo das voltas. Sem este “jogo de equipe”, é quase impossível vencer na Granja.

Quem participa

São 56 equipes inscritas em 2017. A prova é aberta a qualquer piloto que tenha experiência anterior em carros de corrida ou karts. Nas 500 Milhas, pilotos da Fórmula 1, Indy, Stock Car e diversos campeonatos conhecidos do grande público medem forças com jovens kartistas que sonham em correr no exterior e também com pilotos não profissionais, que têm o esporte a motor como um hobby. Neste ano, há uma equipe formada por artistas, uma por jornalistas e outra com uma seletiva baseada em uma competição anual de kart indoor.

Os vencedores

Nas 20 edições já disputadas entre 1997 e 2016, nada menos que 54 pilotos já subiram ao topo do pódio nas 500 Milhas de Kart. Quem lidera o ranking de vitórias, com nove conquistas, é a dupla Rubens Barrichello / Tony Kanaan. A primeira conquista deles foi em 1998, e mais recente, em 2013. Christian Fittipaldi já venceu seis vezes, seguido por Felipe Giaffone, organizador da prova, que faturou cinco. Vencedor da primeira edição, em 1997, Felipe Massa já ganhou as 500 Milhas em três ocasiões, mesmo número de Danilo Dirani e Vitor Meira.

Pilotos por kart

Cada equipe é livre para inscrever quantos karts quiser, mas há um limite de dez competidores inscritos por kart. O número mínimo é de três pilotos por kart. Nesta edição há 56 karts inscritos, com cerca de 300 pilotos.

Duração da corrida

Como o nome já diz, a prova tem 500 milhas de extensão – ou 806 quilômetros. Esta distância costuma ser percorrida em cerca de 12 horas – que também é o limite de duração da corrida, mesmo que haja interrupções por bandeira vermelha ou diminuição do ritmo em função da chuva, por exemplo.

Como se vence as 500 Milhas?

Existem muitas variáveis em uma corrida como esta. Por isso, a estratégia é tão importante. Além de adorar um ritmo que não desgaste os pneus (que são fornecidos em quantidade limitada) e fazer o número mínimo de paradas.

Quantas paradas são obrigatórias?

Ao todo, são necessárias 8 paradas, sendo seis com pelo menos cinco minutos de duração, e duas de 15 minutos. Neste momento, os times também reabastecem o kart (no máximo, 7 litros), o que dá em torno de 1h15 a 1h20 de autonomia na pista.

Os famosos granjeiros

Com tanta estratégia e conhecimento do acerto deste kart específico, nem sempre os pilotos famosos levam a melhor. Em 2016, a vitória ficou com os “granjeiros”: pilotos desconhecidos do grande público, mas que correm neste tipo de equipamento ao longo do ano, dentro da Copa São Paulo de Kart, na categoria Pro-500.

Futuras estrelas aparecem na prova

Além dos granjeiros, é comum também aparecer pilotos de destaque do kart que futuramente podem ser destaques do Brasil na F-1 ou Indy, por exemplo. Felipe Massa é um exemplo de ter vencido ainda quando era uma jovem promessa do kart. Neste ano, olho em jovens talentos como Caio Collet, Gianluca Petecof, Dudu Barrichello, entre outros - a idade mínima é 13 anos.

Onde a prova já foi disputada

As 500 Milhas de Kart nasceram no Kartódromo Granja Viana, em Cotia, região metropolitana de São Paulo. Após 14 anos, a corrida foi transferida para o Katódromo Beto Carrero, em Penha (SC), onde ficou por quatro anos. Depois de uma edição em Limeira, no interior de SP, a corrida retornou à Granja em 2016. Entre 1997 e 2007, a corrida foi disputada de madrugada, com largada à meia-noite de sábado para domingo. A partir de 2008, a prova passou para o período diurno.

Para acompanhar a corrida

As 500 Milhas de Kart terão transmissão completa pelos canais SporTV. A largada e os primeiros 30 minutos de prova serão exibidos a partir das 12h30 deste sábado, pelo SporTV 3. O SporTV 3 também exibirá a última hora da prova ao vivo, a partir das 23h30. A corrida na íntegra – incluindo largada e chegada – será exibida pelo SporTV.com, com entrevistas direto do local com os principais competidores. Uma novidade em 2017 é uma pulseira que vai identificar todos os pilotos - assim, que tiver vendo pela TV saberá quem está no comando de cada kart.

Os Pneus

Todas as equipes recebem a mesma quantidade de jogos de pneus: 2 jogos e meio (10 pneus). Seis são os compostos duros (com bordas "brancas" para identificação) e 4 compostos "moles" (identificados como vermelho).

Este jogo pode ser usado como “coringa” para qualquer hora da prova – eles são acerca de 1s5 mais rápidos, mas gastam bem mais – mais ou menos como na Indy e na F-1. Mas, ao contrário das categorias top, nas 500 Milhas é permitido usar qualquer combinação entre compostos moles e duros (2 brancos, 2 vermelhos, 3 ou 1 etc).

A pole position da edição 2017 ficou com os atuais campeões das 500 Milhas. Estrelas da prova, Rubens Barrichello e Felipe Massa largarão nas primeiras filas.

Confira o top 10 dos 56 karts:

1. Kart 319 – Car Racing AmericaNet (Peterson Nakamura / José Ricardo / Rodrigo Araújo / Roberto         Azana / Galid Osman / Felipe Lapenna)
2. Kart 71 – Barrichello Hero (Rubens Barrichello / Dudu Barrichello / Gary Carlton / Diego Nunes / Rafael Suzuki / Beto Cavaleiro / Kiko Porto / Arthur Leist / Rafael Martins / João Cunha)
3. Kart 19 – MDG Matrix (Felipe Massa / Rodrigo Dantas / Julio Campos / Dudu Massa / Caio Collet / Marcos Gomes / Sergio Sette Câmara / Lucas di Grassi)
4. Kart 25 – Sambaíba Centerbus DART (Bia Figueiredo / Marcos Breda / Rafael Cardoso / Paulo Nigro / Davi Ávila / Bruninho Cerri / Renato Albani / Saul Bruno)
5. Kart 888 – Claro Locres (Sandro Soares / Carlos Crespo / Beto Monteiro / Antonio Pizzonia / Daniel Suarez / Felix Porteiro / Roberto Merhi / Gustavo Yacaman)
6. Kart 35 – CKS (José Muggiati / Henrique Campos / Luiz Wegher / Yuri Alves / José Victor / Enzo Corrêa / Wleldes Campos)
7. Kart 1 – Shell Fittipaldi (Christian Fittipaldi / Vitor Meira / Gaetano di Mauro / Dannis Dirani / Ruben Carrapatoso / Gianluca Petecof)
8. Kart 8 – Medina Motorsport (Sandro Soares / Carlos Crespo / Beto Monteiro / Antonio Pizzonia / Daniel Suarez / Felix Porteiro / Roberto Merhi / Gustavo Yacaman)
9. Kart 30 – Autotrac Jaguar Racing (Nelsinho Piquet / Laszlo Piquet / Rodrigo Piquet / Marcos Regadas / André Nicastro / Pedro Piquet / Pedro Cardoso / Antonio Canedo)
10. Kart 33 – Autotrac Jaguar Racing (Nelsinho Piquet / Laszlo Piquet / Rodrigo Piquet / Marcos Regadas / André Nicastro / Pedro Piquet / Pedro Cardoso / Antonio Canedo)

Notícias

Página inicial