Motor On Line
Notícias-

Já fez a regulagem pós viagem no seu carro?
Reportagem: Wesley Figueiredo

Viajou com seu automóvel nestas férias de início de ano? Se você é um bom motorista e seguiu todas as recomendações dos técnicos antes de colocar o carro na estrada, lembre-se de deixá-lo novamente adequado ao dia-a-dia na cidade. Várias das regulagens que foram alteradas devem voltar aos padrões normais, é o que explica o gerente de oficina da Banzai Honda, Rogério Pedrosa.

Segundo Pedrosa, um dos itens é calibragem dos pneus. "O carro carregado (família + bagagem) e as velocidades mais elevadas na rodovia exigem maior pressão dos pneus. No retorno é importante voltar à calibragem original para o carro rodar mais leve e devagar, sem desgastar irregularmente os pneus. Não se esqueça de que esta redução da pressão - assim como o aumento - deve ser feita com os pneus frios e jamais depois que rodaram alguns quilômetros e já se aqueceram. Pois com a temperatura mais elevada, há um aumento da pressão que pode distorcer a calibragem", explica Pedrosa.

Outro item são regulagem dos faróis. Se o modelo não conta com regulagem automática e o motorista não tiver regulado antes da viagem para um maior peso, ele precisa voltar à posição normal. "Sem a família e a carga no porta-malas, a traseira se levanta, a frente se abaixa e os faróis ficam muito baixos, quase que iluminando o para-choque dianteiro". Pedrosa ressalta que se a viagem foi longa e o carro chegou a rodar alguns milhares de quilômetros, o hodômetro deve ser conferido para verificar se não foi atingida a quilometragem para uma revisão periódica. Ou se não expirou a validade do óleo do motor. Segundo o especialista, o retorno é o momento ideal para se controlar a geometria de direção. Porque se ela estiver fora do padrão, os pneus (dianteiros, principalmente) vão acusar esta irregularidade pelo desgaste anormal da banda de rodagem.

Notícias

Página inicial