Motor On Line
Notícias-

Duda Bana pontuou na Copa Truck em Campo Grande
Reportagem: Bispo Neto
Foto: Claudio Kolodziej
MRT

O piloto curitibano Carlos Eduardo “Duda” Bana (Bana Pneus / Carlão Auto Peças) conquistou o 11.º lugar na primeira etapa da “Copa Centro-Oeste da Copa Truck 2018”, realizada no Autódromo de Campo Grande (MS), no fim de semana (28 e 29/7). A bordo do Volvo n.º 47, com preparação da equipe Maistro Racing, Duda Bana largou da 17.ª e última posição do grid e ficou em 12.º na primeira e concluiu em 9.º a segunda corrida, superando as dificuldades mecânicas e eletrônicas, que começaram nos treinos livres e classificatório.

Duda Bana (Bana Pneus / Carlão Auto Peças) teve pouco tempo para andar no seu Volvo n.º 47, por causa de problemas de ordem mecânica e eletrônica, que afetavam o cambio do caminhão, onde o motor falhava muito e não tinha força. No sábado à noite, a equipe Maistro Racing resolveu o problema das falhas no motor, mas o câmbio ainda não proporcionava as reduzidas necessárias para um bom desempenho, dificultando a pilotagem do paranaense. Com isso, Duda Bana largou da última posição do grid e mesmo sem um bom desempenho, ganhou quatro posições, concluindo a prova em 12.º lugar. Já na segunda corrida, conseguiu melhorar um pouco e recebeu a bandeirada final em nono lugar. Foi mais um fim de semana de muito trabalho na equipe, mas o caminhão ainda não está 100% e tem muito a evoluir nessa temporada, para poder “brigar” entre os seis primeiros.

A próxima etapa da Copa Truck será em Goiânia (GO), válida pela segunda etapa da Copa Centro-Oeste, nos dias 24, 25 e 26 de agosto, aonde o curitibano Duda Bana vai em busca de melhores resultados, acreditando na evolução do caminhão Volvo n.º 47, no intervalo das etapas. “O pessoal da equipe Maistro Racing tem se esforçado ao máximo para nos dar um caminhão competitivo, mas não tem dado certo. Antes da próxima corrida em Goiânia, vamos fazer uma série de testes em Londrina, visando a evolução e melhoria técnica do caminhão. Primeiro a equipe vai trabalhar no motor, câmbio e na parte eletrônica, para que esses problemas não se repitam e eu possa disputar as posições intermediárias na próxima etapa. Porém, o caminhão tem potencial para andar entre os seis primeiros e vamos em busca desse acerto, para poder chegar ao pódio ainda na temporada 2018”, declarou Duda Bana (Bana Pneus / Carlão Auto Peças).

Resultado da Corrida 1:

1.º) Felipe Giaffone (Volkswagen), 14 voltas;
2.º) Roberval Andrade (Scania), a 0s296;
3.º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 3s403;
4.º) Renato Martins (Man), a 11s194;
5.º) André Marques (Mercedes-Benz), a 13s276;
6.º) Giuliano Losacco (Iveco), a 22s141;
7.º) Djalma Fogaça (Man), a 1min05s032;
8.º) Debora Rodrigues (Volkswagen), a 1min07s070;
9.º) Luiz Lopes (Iveco), a 1min10s289;
10.º) Rodrigo Belinatti (Volkswagen), a 1min11s958;
11.º) Adalberto Jardim (Ford), a 1min13s230;
12.º) Duda Bana (Volvo), a 1min58s584;
13.º) Fábio Fogaça (Ford), a 1 volta;
14.º) Regis Boessio (Volvo) a 3 volta;
15.º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), a 5 voltas;
16.º) Witold Ramasauskas (Man), a 5 voltas.

Resultado da Corrida 2:

1.º) Roberval Andrade (Scania), 14 voltas;
2.º) Felipe Giaffone (Volkswagen), a 0s134;
3.º) André Marques (Mercedes-Benz), a 0s762;
4.º) Giuliano Losacco (Iveco), a 16s628;
5.º) Luiz Lopes (Iveco), a 26s499;
6.º) Debora Rodrigues (Volkswagen), a 27s029;
7.º) Rodrigo Belinatti (Volkswagen), a 45s447;
8.º) Fábio Fogaça (Ford), a 1min31s674;
9.º) Duda Bana (Volvo), a 1min32s979;
10.º) Regis Boessio (Volvo), a 1 volta;
11.º) Adalberto Jardim (Ford), a 1 volta;
12.º) Renato Martins (Man), a 5 voltas;
13.º) Djalma Fogaça (Man), a 7 voltas;
14.º) Witold Ramasauskas (Man), a 8 voltas;
15.º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 14 voltas.

Classificação final da Copa Truck em Campo Grande:

1.º) Felipe Giaffone, 38 pontos;
2.º) Roberval Andrade, 38;
3.º) André Marques, 29;
4.º) Giuliano Losacco, 26;
5.º) Débora Rodrigues, 22;
6.º) Luiz Lopes, 22;
7.º) Rodrigo Belinati, 19;
8.º) Wellington Cirino, 18;
9.º) Renato Martins, 16;
10.º) Fábio Fogaça, 15;
11.º) Duda Bana, 15;
12.º) Adalberto Jardim, 14;
13.º) Djalma Fogaça, 13;
14.º) Regis Boessio, 12;
15.º) Witold Ramasauskas, 0;
16.º) Paulo Salustiano, 0; e
17.º) Beto Monteiro, 0.

Notícias

Página inicial