Motor On Line
Notícias-

Kart: Alberto Otazú coleciona pole / volta mais rápida e vitória no final de semana
Reportagem: MasterMídia
Foto: Pedro Bragança
Na sexta-feira, pole, vitória e volta mais rápida. No domingo, apenas pódio e volta mais rápida.

O final de semana do piloto Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem / Instituto Desenvolve / AVSP / Imab / Rolley Ball) não foi propriamente do jeito que ele planejava, ainda mais depois de uma excelente sexta-feira (31/8), quando encerrou o mês de agosto com pole position, volta mais rápida e vitória. Nas outras três corridas que fez no início de setembro, ele acumulou apenas um pódio e uma volta mais rápida.

“Na realidade, nas quatro corridas que fiz no final de semana não peguei nenhum kart bom. De qualquer maneira, apesar de outros contratempos, eu me esforcei bastante e ainda consegui salvar alguns bons desempenhos na pista”, comentou Alberto Otazú.

No Campeonato Master de Kart Alberto Otazú largou da pole position no Kartódromo Granja Viana, em Cotia, estabeleceu a volta mais rápida e venceu ponta pela quinta vez na temporada, abrindo uma pequena folga na tabela de pontuação, com cinco a mais do que George Shi Wen, o vice-líder.

“Foi uma vitória suada, pois um retardatário me jogou pra fora quando eu liderava e fiz a ultrapassagem nos dois ponteiros apenas na última volta”, contou o campeão desta categoria em 2016.

No sábado, disputando o Endurance 3 Horas CPKA no Kartódromo Granja Viana, ao lado de Henrique Morbi, Alberto Otazú largou apenas da nona posição e entregou o kart ao seu parceiro na sexta colocação. E a dupla manteve a posição até a bandeirada final, pois em nenhuma troca conseguiram pegar um kart que tivesse um desempenho satisfatório.

“Na pista fizemos o que era possível e nossas trocas foram eficientes. O Henrique foi muito bem, inclusive fazendo a nossa volta mais rápida. Pena que na minha pesagem faltou 100 gramas e por isto não subimos no pódio”, explicou Otazú.

Na terceira etapa do The Heart Racing (THR), realizada domingo (02/9) no Kart Itália, em Valinhos, as coisas não foram melhores. Na tomada de tempos Alberto teve que trocar de kart e conseguiu apenas a sexta posição. E logo na terceira curva após a largada, quase todos os karts se tocaram e o único que foi parar fora da pista foi justamente Otazú. Retornando em último, ele ainda ganhou algumas posições, mas recebeu a bandeirada em nono, com um kart que era em média mais de três décimos de segundo mais lento do que os outros karts. Com este resultado ele se mantém na quinta posição no THR Kart.

Convidado de última hora mais uma vez para participar da nona etapa da categoria Strong, Alberto Otazú teve tempo de dar apenas uma volta na classificação e largou do sexto posto. Nas primeiras voltas andou rápido, fez a melhor volta da corrida e quando estava na terceira colocação encontrou um eficiente Fábio Nakiri, que fez traçado defensivo o tempo todo.

“O meu kart não estava ruim, dava para terminar pelo menos em segundo. Tanto que usando 20 quilos a mais, fui mais rápido com este kart do que na bateria do THR Kart”, disse indignado ao comparar os equipamentos. “Mas este traçado do Kart Itália só permite ultrapassagem se o piloto da frente estiver com kart ruim ou errar feio. E não foi o que aconteceu, o meu kart tinha menos motor do que o do ‘Japa’, tentei passar ele de tudo quanto é jeito nas curvas, mas ele usou toda a sua experiência para me segurar”, elogiou Otazú, que recebeu a bandeirada em terceiro.

Alberto Cesar Otazú tem o apoio de Alpie Escola de Pilotagem, Instituto Desenvolve, Autódromo Virtual de São Paulo (AVSP), Rolley Ball, No Fire Services, Imab Fechaduras, Studio 67 Design e LEAG. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde e Direção para a Vida.

Notícias

Página inicial