Motor On Line
Notícias-

Stock Car: com Zonta a Shell V-Power mais uma vitória no encerramento 2018
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: José Mario Dias
Átila Abreu faz boa corrida de recuperação e termina em nono lugar, garantindo a sexta posição no campeonato.

A Shell V-Power conquistou mais uma vitória na temporada 2018 da Stock Car neste domingo (9), em Interlagos. Ricardo Zonta liderou a maior parte da prova e venceu a última etapa da temporada. Já Átila Abreu fez boa corrida de recuperação e terminou a prova em nono, após largar da 22ª posição.

Com boa largada, Zonta manteve a ponta sem ser incomodado pelos adversários, enquanto Átila pulava da 22ª para o 19ª lugar, ganhando três posições já na primeira volta.

Após a liberação do uso do botão de ultrapassagem, Zonta foi alternando a primeira e a segunda posição durante cinco voltas, quando reassumiu de vez a liderança e imprimindo um forte ritmo de corrida, começou a se distanciar dos adversários.

Já o sorocabano Átila Abreu, vinha em ótima prova de recuperação e aparecia na 15ª posição, na oitava volta. Dois giros mais tarde, o box foi aberto para a parada obrigatória dos pilotos e começaram as paradas.

A equipe Shell V-Power optou por uma estratégia diferente para a sua dupla de pilotos. Enquanto Zonta parou no início da janela, Átila manteve-se na pista e parou no fim, enquanto ocupava a liderança.

A estratégia se mostrou perfeita após a parada de todos os pilotos. Zonta era novamente o líder, já com uma boa distância para o segundo colocado, enquanto o piloto do carro #51 aparecia em 15º lugar, colado nos seus adversários e com um bom números de botões de ultrapassagens.

Nas últimas voltas, Zonta apenas administrou a diferença e levou a equipe Shell V-Power à mais uma vitória no ano, coroando a temporada como a mais vitoriosa do time. Já Átila, mostrava que tinha um carro muito bem acertado e superava seus rivais volta após volta, até fechar a prova na nona posição, em grande corrida de recuperação.

O resultado da prova levou a dupla da equipe Shell ao top 10 na tabela final de pontos. Átila Abreu encerrou a sua participação no campeonato com 208 pontos, na sexta posição, enquanto Ricardo Zonta fechou o ano no oitavo lugar, somando 184 tentos.

O que eles disseram:

"Eu estava administrando a diferença que eu tinha, de quase 4 segundos, então sobrou push ainda. Então foi uma corrida fantástica, o carro é brilhante, é muito bom o carro. Então deu tudo certo, graças a Deus deu tudo certo."

Ricardo Zonta

"Achei que foi uma corrida muito curta, uma corrida com poucas variáveis de estratégia. O regulamento não ajudou muito a ter um espetáculo melhor, mas largando de 22º eu precisava tentar algo diferente para crescer. Eu apostei em um safety car no meio da corrida e ali eu tentei guardar um pouco mais de push para estar bem no final, e não veio o safety car. Então me custou algumas posições, com certeza eu tinha ritmo para terminar ali em 5º ou 6º, junto com o Fraga e o Barrichello, antes da parada eu já estava na frente deles, mas são estratégias que você assume quando precisa de um algo a mais. Mas não me arrependo, foi uma boa prova, a gente acaba o ano com uma performance positiva, a equipe vencendo com o Zonta. Acho que foi um ano muito bom. Então parabenizar a equipe, que fez um segundo semestre excelente e focar agora para fechar as coisas para o ano que vem pra estar no grid"

Átila Abreu

"Vitória suprema do Ricardo (Zonta), administrando a corrida. Ele conseguiu abrir uma vantagem que a equipe até abasteceu um pouquinho mais, para ir na segurança. Então está de parabéns. O Ricardo vem fazendo uma sequência de corridas ótimas e a equipe também, várias vitórias durante o ano, uma performance excelente. A gente tem certeza que se não fossem algumas quebras e acidentes no começo da temporada a gente estaria na briga pelo campeonato. Mas estamos saindo daqui mais fortes do que nunca e é isso que importa."

Thiago Meneghel

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial