Motor On Line
Notícias-

Forte chuva adia primeira corrida da temporada da Stock Light no Velopark
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: José Mario Dias
Por mais de duas horas, direção de prova esperou melhora das condições, mas prova passou para a manhã de domingo.

Uma forte chuva na tarde deste sábado em Nova Santa Rita (RS) fez com que a primeira corrida da temporada 2019 da Stock Light fosse adiada para a manhã deste domingo, às 8h35, no horário em que estava prevista a segunda prova. Esta terá seu novo horário informado apenas no domingo.

Quando as condições da pista eram bem melhores, ainda no começo da tarde, foi disputado o treino classificatório, e a equipe Shell W2 ocupou a oitava colocação com o campeão de 2018 Raphael Reis, e a décima com Diego Ramos, que disputa sua primeira temporada completa na categoria.

No entanto, depois da classificação da Stock Car, a chuva caiu com muito mais intensidade. Após uma rápida sessão na qual os pilotos verificaram que as condições da pista estavam péssimas, a direção de prova aguardou a melhora do tempo.

Porém, a chuva continuou e, com o acúmulo de poças e a visibilidade prejudicada, foi decidido o adiamento da corrida.

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Este é um projeto incentivado pela Lei 1.924/92 - Estadual de Incentivo ao Esporte, da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude – SEELJE, do Estado do Rio de Janeiro

Notícias

Página inicial