Motor On Line
Notícias-

Stock Car: mais veloz do ano / Thiago Camilo crava segunda pole seguida
Reportagem: Rodolpho Siqueira / Bruno Vicaria
Foto: Duda Bairros
Piloto da Ipiranga Racing "voa" no Velo Città e deixa rivais Ricardo Maurício e Daniel Serra para trás. Transmissão ao vivo começa às 12h30 do domingo no SporTV2.

Pela segunda vez em duas corridas, Thiago Camilo deixou todo mundo para trás. O paulista da equipe Ipiranga Racing registrou a pole position para a etapa do Velo Città da Stock Car, repetindo o desempenho na etapa de abertura da temporada, no Rio Grande do Sul. Camilo cravou a marca de 1min27s926, sendo o único a andar na casa de 1min27s. A façanha coloca o primeiro do grid no Velo Città como o piloto mais rápido do momento, já que para conquistar a pole o conjunto carro-piloto vai para a pista em sua configuração mais competitiva.

Segundo Camilo, apesar de não ter vencido na primeira corrida, esta nova pole mostra que sua equipe “está no caminho certo para fazer uma grande temporada”. A rodada dupla da Stock Car acontece neste domingo (5) no autódromo localizado em Mogi-Guaçu, com transmissão ao vivo pelo Sportv2, a partir das 12h30.

"Feliz demais"

Camilo andou entre os três primeiros em todas as fases da tomada de tempos, batendo Ricardo Maurício, da Eurofarma RC, com quem dividirá a primeira fila. O pole foi apenas 0s155 mais rápido que seu mais próximo adversário. "Estou feliz demais. Como falei na primeira etapa: o ano passado foi muito difícil e começamos 2019 voando. A equipe se dedicou muito e só fiz o meu papel, que era acelerar. Sei o quão difícil é marcar duas poles seguidas na Stock Car. É a primeira vez em 17 temporadas que isso acontece comigo. Agora é concretizar bons pontos para amanhã e tentar conquistar a vitória que não veio no Velopark", disse o Camilo, referindo-se à pista onde foi disputada a abertura da temporada.

Pai de primeira viagem, Thiago Camilo vem destoando da ideia – uma brincadeira no meio do automobilismo – de que cada filho faz o piloto ficar meio segundo mais lento. "Desde que a Luiza nasceu, eu disputei duas classificações e fiz as duas poles”, contou ele, que se tornou pai de Luísa no dia 8 de fevereiro. “Se essa lenda for verdade, então desconta meio segundo aí do meu tempo", brincou o piloto, que vai se configurando como um dos favoritos do ano.

Ricardo Maurício se mostrou satisfeito após uma manhã bastante atarefada – a etapa do Velo Città terá apenas dois dias de atividades, ao contrário do tradicional formato de três dias. "Fizemos testes diferentes em cada carro da equipe durante os treinos para chegarmos ao melhor acerto. Então, os setups do meu carro e do Daniel (Serra) estão muito parecidos. Mudou um pouco a temperatura da pista e eu estava com uma volta a menos no Q2, mas deu tudo certo. Os tempos estão bem apertados, a corrida vai ser em um horário bastante quente. Então vamos ver o que acontece amanhã", disse o segundo colocado, referindo-se a seu parceiro de equipe.

Preocupação

Atual bicampeão e vencedor da Stock Car 500, prova especial disputada na primeira etapa do ano, Daniel Serra ficou apenas 0s060 de Ricardinho. Serrinha abre a segunda fila, logo à frente de seu principal rival pelo título do ano passado, Felipe Fraga. "A partir dessa etapa vamos ter que ser mais estratégicos e pensar se vale a pena sacrificar um pódio por mais pontos no geral. Além disso, essa pista, em especial, é abrasiva e vamos redobrar a atenção com os pneus", comenta Daniel, revelando uma preocupação geral no grid: piso abrasivo e forte calor. No Velo Città, a temperatura ficou na casa de 30 graus centígrados. Gabriel Casagrande, que costuma render muito bem no Velo Città, ficou com o quinto tempo, seguido pelo ex-piloto de Fórmula 1 Ricardo Zonta, da equipe Shell V-Power.

Entre os eliminados na segunda fase do treino, destaque para a oitava posição de Rubens Barrichello, logo atrás de Marcos Gomes e à frente do melhor estreante do grid, Gaetano Di Mauro. Porém, a grande surpresa ficou para os que foram "degolados" já no Q1, como Nelsinho Piquet (19º), Max Wilson (20º) e Cacá Bueno (21º).

A etapa do Velo Città marca o retorno do sistema de rodadas duplas.

Confira abaixo o grid de largada completo:

1) Thiago Camilo (Ipiranga Racing), 1min27s926
2) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), 1min28s081
3) Daniel Serra (Eurofarma RC), 1min28s141
4) Felipe Fraga (Cimed Racing), 1min28s181
5) Gabriel Casagrande (Crown Racing), 1min28s311
6) Ricardo Zonta (Shell V-Power), 1min28s380
7) Marcos Gomes (KTF Sports), 1min28s323
8) Rubens Barrichello (Full Time Sports), 1min28s359
9) Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra), 1min28s437
10) Diego Nunes (KTF Sports), 1min28s455
11) Cesar Ramos (Blau Motorsports), 1min28s471
12) Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), 1min28s659
13) Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), 1min28s667
14) Allam Khodair (Blau Motor Sports), 1min28s681
15) Bruno Baptista (RCM Motorsport), 1min28s813
16) Lucas Foresti (Vogel Motorsport), 1min28s460
17) Marcel Colleta (Crown Racing), 1min28s499
18) Rafael Suzuki (Hot Car Competições), 1min28s508
19) Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), 1min28s512
20) Max Wilson (RCM Motorsport), 1min28s562
21) Cacá Bueno (Cimed Racing), 1min28s574
22) Vitor Baptista (Shell V-Power), 1min28s608
23) Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), 1min28s671
24) Denis Navarro (Cavaleiro Sports), 1min28s703
25) Galid Osman (Shell Helix Ultra), 1min28s817
26) Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), 1min28s909
27) Raphael Reis (Carlos alves Competições), 1min29s682
28) Pedro Cardoso (Hot Car Competições), 1min32s077
29) Guga Lima (Vogel Motorsport), sem tempo

Notícias

Página inicial