Motor On Line
Notícias-

Kart: produtos OTK tiveram grande destaque no Campeonato Sul-americano
Reportagem: Claudio Reis
Foto: Jackson de Souza
PlanetKart
Empresa italiana OTK Kart Goup a fabricante dos karts Tony Kart, Kosmic e Exprit e dos poderosos motores Vortex e ROK.

Marcado pelo tempo chuvoso, entre os dias 28 de maio e 01 de junho, o Kartódromo Velopark, em Nova Santa Rita (RS), foi palco do Campeonato Sul-americano de Kart de 2019, certame que reuniu 119 kartistas de oito países do cone sul do continente americano. A fase decisiva deu-se no sábado, 01 de junho, já com melhora das condições climáticas, que emolduraram as corridas Pré-Final e Final das quatro categorias em disputa, a Cadete, Codasur Junior, Senior e a classe principal, a Codasur. E em todas as classes os produtos italianos do OTK Group foram destaque, tanto pelo bom desempenho, quanto pela quantidade na pista.

A corrida Final da categoria Codasur foi eletrizante, tendo como um dos protagonistas o Tricampeão Sul-americano, André Nicastro, que esbanjou arrojo e técnica em seu #201 Tony Kart na disputa pela vitória e o consequente título de campeão. Foram dezoito voltas em fortíssimo ritmo e no limite máximo dos equipamentos e da pista gaúcha, com os dois lideres revezando a dianteira da corrida por mais de cinco oportunidades. Na "checkered flag" Nicastro divisou a linha final na segunda colocação, para conquistar o título de Vice-campeão Sul-americano de Kart, a ínfimos sessenta e cinco centésimos de segundo (0.065s) do vencedor. Também foi de André Nicastro a volta mais rápida da corrida, com a marca de 58.089 registrada na 12ª volta.

O brasileiro Enrico De Lucca chegou logo em seguida com seu #241 Tony Kart, para garantir a terceira colocação final e uma "vaga" na boleia da caminhonete que levou o trio de vencedores para a saudação do público presente, na Volta dos Campeões. O argentino Jorge Barrio (#214 Exprit Kart) completou, na sequência, sua participação, conquistando a P4 da Codasur e garantindo para o Grupo OTK a hegemonia do pódio da categoria rainha do kartismo Sul-americano, com três pilotos laureados entre os cinco melhores da Codasur. Para ser mais exato, 62% do pódio fez sua conquista com um kart do OTK Kart Goup!

Mais ainda, dentre o "top ten" da Codasur chegaram o #209 Exprit Kart do argentino Isidoro Vezzaro e o #215 Tony Kart do brasileiro Gabriel Paturle, para registrar cinco bólidos OTK entre os dez primeiros. Cinquenta por cento (50%) dos melhores karts da América do Sul!

Já na categoria Codasur Jr., os argentinos Lucas Bohdanowicz (#111 Kosmic Kart) e Felipe Bernasconi (#112 Kosmic Kart) tiveram grande participação, com Bohdanowicz completando a prova Final na terceira colocação, após grande batalha pela P2. Bernasconi chegou em seguida, garantindo a quarta colocação final e um dos degraus do pódio.

Por seu turno, na categoria Cadete os chassis Tony Kart e Kosmic da OTK eram maioria dentre os utilizados pelos kartistas argentinos, terminando com três micromonopostos entre os dez primeiros. Santino Panetta foi o P6 com seu #10 Kosmic, Ayrton Perez o sétimo colocado final com seu #9 Tony Kart e o #21 Tony Kart do argentino Lohrmann Bautista completou no oitavo posto.

Finalmente, na classe Senior Matheus Barella, Gustavo Todescat e o argentino Cristian Saa foram combativos com seus bólidos "made in Italy". O #310 Tony Kart de Barella ficou com a quarta colocação final do certame sul-americano, o argentino Cristian Saa completou na P7 com seu #312 Tony Kart, logo adiante do #303 Tony Kart de Gustavo Todescat.

Saiba mais sobre o OTK Kart Group:

Sediada em Prevalle, na Lombardia (província da Brescia) o OTK Kart Group é o maior fabricante mundial de karts, motores e componentes para kart. A excelência na qualidade de seus produtos aliado ao altíssimo desempenho contumaz dos chassis e propulsores de Prevalle tem reconhecimento mundial e conquistou profundo respeito por parte de seus concorrentes.

A Tony Kart é a principal marca do OTK Kart Group. A marca nasceu nos anos 60 e desenvolveu-se de acordo com a disciplina de competição de karting, primeiro dentro da Itália, e depois em todo o mundo. O maior avanço da Tony Kart veio nos anos 80, quando, com sua propriedade adquirida pelo Grupo OTK, foi feita a transição do que era uma pequena empresa de artesanato para uma verdadeira empresa de fabricação construída especificamente para o mundo do kart. Isto foi visualmente simbolizado pela introdução da cor verde nos chassis, cor que ainda hoje caracteriza a marca Tony Kart.

Qualidade e desempenho são, de fato, parceiros em todos os produtos da Tony Kart, que já renderam dezenas de títulos mundiais de kart e centenas de títulos internacionais, que forjaram a carreira de pilotos de renome mundial, como Jan Magnussen (Campeão em 1987 e 1989), Jarno Trulli (1993,1994, 1995), Sebastian Vettel (Campeão ICA-Junior de 2001).

Além dos pilotos que chegaram na F1 alicerçando parte de suas carreiras nos Tony Kart, os mais renomados kartistas profissionais conquistaram seu espaço em um Tony Kart, como é o caso do italiano Alessandro Manetti, e seus compatriotas Davide Forè e Marco Ardigò, que arrebataram individualmente dezenas títulos ao longo de suas carreiras. Também kartistas brasileiros integram a história de conquistas da Tony Kart. A bordo de um Tony Kart Gastão Fráguas foi Campeão Mundial de Kart de 1995, na Formula A e Ruben Carrapatoso, foi também Campeão Mundial de Formula A, em 1998. Sergio Jimenez foi Campeão Norte-Americano de Formula A, em 1999, com Lucas Di Grassi faturando o título de Campeão Pan-americano no ano 2000.

Os chassis Kosmic Kart foram lançados em 1996 e chamando logo a atenção pelo contraste de suas cores, azul e fúcsia. Seu DNA é, também, de vencedor e dentre os inúmeros títulos conquistados, destacando-se os títulos de Campeão Mundial CIK-FIA de 2015 – então ainda disputado em categoria única -, com o polonês Karol Basz e na categoria Junior (OKJ) de 2016, com o francês Victor Bernier. Em 2018 o checo Patrik Hajek, Campeão Mundial de Kart CIK-FIA na categoria rainha da classe shifter, a KZ, estava no habitáculo de um Kosmic, como também estava novamente o francês Victor Bernier, Campeão Mundial da OK-Junior.

Caçulinha na linha de "telaios" OTK, o Exprit Kart já tem em seu palmarés o título de Campeão Mundial CIK-FIA de 2017 na categoria OKJ, com o piloto britânico Patterson Dexter, bem como o de Campeão Europeu CIK-FIA do mesmo ano, com seu compatriota Edgar Johnny, também na OKJ.

Notícias

Página inicial