Motor On Line
Notícias-

Rafael Paschoalin coloca o Brasil no topo do pódio em Pikes Peak
Reportagem: R. Justi / C. Tupy / R. Assis
Néctar Comunicação
Usando pneus slicks Pirelli Diablo Superbike SC1, o brasileiro chegou ao cume da montanha de 4.300m em 10min43s233 e terminou em 1º na categoria Middleweight.

O Brasil subiu no topo do pódio na prova de subida de montanha mais famosa do mundo, em Pikes Peak, Colorado Springs, Estados Unidos, neste domingo, 30 de junho. Usando os pneus slicks Pirelli Diablo Superbike SC1, Rafael Paschoalin foi o mais rápido na categoria Middleweight, com o tempo 10min43s233, e oitavo na geral.

"Estou muito feliz com o resultado", disse Paschoalin. "Os Diablo Superbike SC1 são os pneus certos para essa prova. Mesmo com um asfalto menos poroso e um pista com menos grip, diferentemente do que vemos em uma pista de corrida, por exemplo, os pneus foram fantásticos. Fiquei impressionado com a qualidade deles. Tanto composto quanto carcaça funcionaram perfeitamente bem nos desafios da montanha", revelou o brasileiro.

“Pikes Peak é sempre uma incógnita, a montanha é muito difícil, extrema, ainda mais por não andarmos no sábado. Fomos para a subida de domingo sabendo somente o que os comissários nos falam, como questão de temperatura do asfalto, por exemplo. Dependendo do vento, tudo pode mudar rapidamente, como ter areia na pista. Temos que andar com certa cautela e ter muita percepção do terreno”, finalizou o Rafael. Esse foi o terceiro pódio consecutivo do brasileiro, que terminou em segundo em 2017 e terceiro em 2018.

A Subida de Montanha de Pikes Peak é um evento que acontece desde 1916. Inicialmente somente em cascalho, o pavimento foi evoluindo até se tornar 100% asfáltico em 2011. Ao todo são mais de 156 curvas e, em muitas delas, com um desfiladeiro de centenas de metros ao lado. Além das motos, fazem parte da subida carros, quadriciclos e protótipos.

Notícias

Página inicial