Motor On Line
Notícias-

Rally: Poli e Alencar estão na disputa do evento Rio Negrinho
Reportagem: Isis Moretti
Foto: Edson Castro
Liberdade de Ideias
Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade entra em clima de decisão e equipes traçam as estratégias para buscar posições no ranking geral.

Neste final de semana (de 12 a 15 de setembro), a cidade de Rio Negrinho (SC) recepcionará pela segunda vez consecutiva o Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade – o 2º Rally Rio Negrinho valerá pela quarta etapa da temporada e receberá aproximadamente 30 duplas para essa competição, com os boxes montados no Ginásio de Esportes José Brusky Jr. (Briskão).

Com o Rally Rio Negrinho, o Campeonato Brasileiro 2019 entra na reta final e, por este motivo, a expectativa é de disputas extremamente acirradas, com pilotos e navegadores concentrados e firmes com o pé no acelerador. “A classificação está bem indefinida; tudo pode mudar e causar uma reviravolta nestas duas últimas rodadas do ano. De nossa parte, posso dizer que não mediremos esforços para subir ao pódio e conquistar o máximo de pontos possível”, disse o piloto Luiz Poli que, ao lado do navegador Damon Alencar, ocupa a quarta posição na categoria RC5. As outras categorias que compõe o evento são RC2, RC3 e RC4.

Depois de superar alguns problemas nas duas primeiras etapas do campeonato, a dupla conseguiu estabelecer um ritmo competitivo e traçou uma estratégia de recuperação. “Na última prova do calendário (o Rally do Inverno), fizemos um rali impecável, com uma disputa muito parelha com nossos adversários, e ficamos em terceiro lugar. Isso mostra o quão concorrido está o certame... Erros acontecem, mas eles têm um preço enorme. Por isso, neste final de semana, seremos mais arrojados, mantendo a concentração e cuidando do carro, para que quebras mecânicas não aconteçam”, ponderou Damon.

O 2º Rally Rio Negrinho será formado por quatro trechos especiais (SS), nomeados de Rio Antinha, Pinheirinho, São Pedro e Rio dos Bugres, que totalizarão 291 quilômetros – com 156,36 quilômetros de cronometro aberto –, onde os off-roaders buscarão o menor tempo. A largada será no sábado (14), às 9h23.

Mas antes, na sexta-feira (13), às 20h, haverá o Street Stage – uma tomada de tempo no asfalto de 2 quilômetros, com início na lateral da rua Theodoro Junctum (ao lado do terminal rodoviário urbano). “Vamos torcer para que não chova na hora deste espetáculo, pois com o público em peso assistindo, fica ainda mais divertido”, salientou o piloto Poli. O Rally Rio Negrinho terá encerramento no domingo (15), às 14h30, com a premiação dos vencedores.

A dupla Luiz Poli e Damon Alencar é patrocinada por BWT Operadora de Turismo, Serra Verde Express, Kärcher Brasil, Adesipar, Sanetran, Tireshop e Yokohama Pneus, OMP Racing Brasil, LMV Fisioterapia e Acupuntura, Engine Studio, Skivo Equipamentos e Eurocycle Bike Shop. Apoio de Afece

Notícias

Página inicial