Motor On Line
Notícias-

Kart: Thunder dominou na F4 e conquistou 10 pódios na Copa Brasil
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Bruno Gorski
KGCom
Fabricante mantém forte crescimento após a chegada da família Belizario ao comando.

A última semana foi de intensas atividades no kartismo brasileiro com a disputa da 21ª edição da Copa Brasil de Kart, realizada no Kartódromo Beto Carrero, em Penha. A competição contou com 290 inscritos e cerca de 13% dos chassis utilizados pelos pilotos foram fabricados pela Thunder Technology, que conquistou cinco títulos em 18 categorias disputadas.

Em forte crescimento desde que foi adquirida pela família Belizario, a fabricante de chassis teve um ótimo aproveitamento no campeonato, chegando a números nunca antes alcançados na história da empresa em administrações anteriores. Além dos cinco títulos conquistados, o que a tornou uma das duas marcas que mais campeões ajudou a revelar na competição, a Thunder conquistou 10 pódios.

A Thunder Technology conquistou seus títulos nas mais diversas opções de motores que estavam competindo e um deles foi na categoria mais rápida do kartismo brasileiro, a KZ, na divisão Sênior. Waldir Belizario venceu as três provas, inclusive a Final, e levou o título da categoria.

Nas categorias F4, que competem com motores Honda 4 Tempos, a Thunder conquistou três títulos. O primeiro deles foi na F4 Sênior, vencida por Flaviano Ramos e que teve outro piloto com Thunder no pódio, Marcos Adriano, em 3º.

Valdemiro Oliveira levou a Thunder a seu terceiro título na Copa Brasil deste ano ao vencer a Final da F4 Super Sênior Master e, por fim, Rafael Prada sagrou-se campeão com a marca na F4 Graduados, que teve também Murilo Fiore no pódio, em 4º.

E nas categorias que competem com motores de 125cc, a Thunder foi dominadora na Sênior B, com Fernando Dias consagrando-se campeão após vencer a Final e as duas baterias classificatórias. Bruno Bezerra também levou a Thunder ao pódio na categoria, finalizando o campeonato na quarta posição.

Também competindo com chassis Thunder, Alain Sisdeli, partindo da 18ª posição na última e decisiva corrida, deu um show na final da Sênior A e superou 16 concorrentes para ser o vice-campeão em sua categoria.

Por fim, completando os 10 pódios somados pela fabricante de chassis, um quinto lugar, conquistado pelo piloto argentino Ayrton Chorne na Codasur Júnior.

“Tivemos um crescimento fantástico desde que assumimos a Thunder no começo de 2018”, comemora Ruan Belizario, da Thunder Technology. “Nosso aproveitamento nesta Copa Brasil foi muito bom, tivemos 36 chassis na pista e conquistamos cinco títulos e 10 pódios mesmo sem competir em duas categorias, na Mirim e Cadete, para as quais já estamos trabalhando para o ano que vem. Agradecemos primeiramente a Deus, aos integrantes da nossa área técnica, à nossa própria equipe na Thunder e também aos pilotos e chefes de equipe que trabalharam junto conosco para chegarmos a este patamar”, finaliza.

Notícias

Página inicial