Motor On Line
Notícias-

Miguel Paludo e Ayman Darwich vencem em Curitiba no Porsche XP Private Cup
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Victor EleutÚrio
Etapa comeša com homenagem aos profissionais de sa˙de e termina com final eletrizante.

Depois de mais de dois anos distantes do Autódromo Internacional de Curitiba, os carros de corrida mais produzidos no planeta encerraram a segunda etapa da Porsche XP Private Cup na cidade e já deixam saudade.

A segunda etapa da temporada começou com uma singela e emocionante homenagem aos profissionais de saúde e campanha de doação para o Hospital Erastinho e terminou com um pega entre cinco carros separados por uma fração de segundo na GT3 Cup.

No fim do dia quem saiu com o troféu de primeiro lugar foi Miguel Paludo na Carrera Cup e Ayman Darwich na GT3 Cup.

Vencedor na 4.0 na véspera, Marçal Müller lidera o campeonato com 70 pontos, três de vantagem sobre Paludo.

Na Carrera Sport Fran Lara venceu no domingo e subiu na tabela de pontos, mas quem assumiu a liderança foi Rodrigo Mello com o Porsche #29, ambos favorecidos pelo abandono de Cristiano Piquet.

Francisco Horta venceu pela primeira vez na Carrera Trophy. Ele recebeu a bandeirada muito pressionado por Eduardo Menossi, que é o novo líder da divisão.

Com o pódio duplo em Curitiba, Raijan Mascarello ampliou sua margem no topo da tabela da GT3 Cup. O novo vice-líder é Ayman Darwich, que aparece em primeiro também na classe Sport. Já pela GT3 Trophy o primeiro no campeonato é Nasser Aboultaif, ultrapassando Gustavo Farah nos pontos.

A próxima jornada da Porsche XP Private Cup está marcada para Interlagos, dentro de três semanas.

As corridas

Carrera Cup

O pole Eloi Khouri veio pela linha interna. Mas Paludo e Werner mergulharam por fora e contornaram o S de baixa lado a lado. Melhor para o hexacampeão, que avançou de quarto para a liderança.

O safety-car foi acionado na segunda volta para remoção do carro de Fernando Croce da área de escape.

Liderando na Sport, Renan Pizii era o terceiro, com Khouri em quarto e Pedro Boesel em quinto. Em nono Sylvio de Barros liderava na Trophy.

Na relargada Pedro Boesel mergulhou na freada do S de baixa mas não conseguiu seguir na pista. Ele caiu para sétimo, e Fran Lara entrou no top5.

Cristiano Piquet se lançou por dentro na freada do S de baixa e passou Fran Lara na volta 6, no momento em que era anunciado drive-thru para Pizii por queima de largada. No mesmo giro, Marçal Müller ultrapassou Alceu Feldmann pelo oitavo lugar.

Sylvio de Barros também foi chamado para drive-thru por queima de largada, com isso a liderança na Trophy ficou para Nelson Marcondes na volta 8.

A dez minutos da abertura da volta final, Paludo tinha quase 1s de margem para Werner e este 5.9s sobre Eloi. O principal pega no top5 era entre Cristiano Piquet e Fran Lara, valendo a liderança na Sport.

Mas eventualmente o carro #3 caiu para sétimo lugar, e Müller entrou no top5.

Na volta 12 foi a vez de Cristiano Piquet perder rendimento com o carro #19. Com seu abandono, Fran Lara recuperou uma posição e a liderança na Sport. Em oitavo, Nelson Marcondes era líder na Trophy.

A um minuto da abertura da volta final, Nelson Marcondes perdeu rendimento e teve que recolher para box. Chico Horta herdou o 11º lugar no geral e a dianteira na Trophy.

Paludo levou com segurança até a bandeirada, para chegar a 34 vitórias na Porsche XP Private Cup. Neugebauer veio em segundo, Khouri em terceiro. Muller e Feldmann completaram o pódio.

Em sexto, Fran Lara prevaleceu na Sport, inclusive se defendendo habilmente de ataque de Enzo Elias no final.

Já a chegada na Trophy foi a mais emocionante do ano até aqui, com Horta, Menossi e Giaffone praticamente lado a lado até a bandeirada.

GT3 Cup

O pole Leo Sanchez saltou bem na frente e livrou um carro de vantagem sobre o segundo colocado, Ayman Darwich. Em terceiro, Vina Neves mergulhou por dentro atravessando o ponto de frenagem e passando pela grama atingindo o carro #15 já tangenciando a curva.

Outros carros acabaram coletados, com o safety-car sendo acionado imediatamente.

Além de Vina, Bruno Campos, Paulo Sousa e SangHo Kim abandonaram. Edu Guedes, que sequer havia largado, aproveitou a intervenção do carro de segurança e teve seu carro reparado para retornar à corrida duas voltas atrás do líder, Ayman (piloto da classe Sport). Sanchez conseguiu retornar no fundo do pelotão.

A relargada veio na volta 4, com ataque de Mohr sobre o egípcio. O carro #3 mergulhou também na reta oposta, seguido de muito perto por Raijan Mascarello e Lucas Salles. Em nono, Edson dos Reis liderava na Trophy.

Mohr passou Ayman por dentro na curva da Vitória na conclusão da quinta volta. Salles tentou ataque sobre Mascarello na reta.

Mascarello atacou Ayman no mesmo ponto onde Mohr passou na volta anterior, mas o #555 neutralizou o assédio.

O estreante vinha determinado a ultrapassar o egípcio, e a briga favoreceu a chegada de outros concorrentes. Até a intervenção do safety-car para resgate do carro de Guilherme Bottura interromper a prova, não havia diferença entre o vice-líder e o sexto colocado. Os carros vinham em um compacto grupo dos pilotos Ayman, Mascarello, Lucas Salles, Lucas Peres e Nelson Monteiro.

A relargada veio apenas na volta 12, mas antes mesmo da bandeira verde houve contato entre os carros de Paulo Totaro e Ramon Alcaraz.

Mascarello seguia no encalço de Ayman pelo segundo lugar. E o #555 conseguiu inclusive surpreender Mohr para retomar a liderança no fim da reta na penúltima volta. No mesmo giro, Sanchez comprometeu sua corrida de recuperação após contato com Fontanari –ele já vinha no top10 depois de ter caído para último.

O pega pela vitória foi intenso até a bandeirada. Darwich prevaleceu após Mohr tentar de todos os lados na curva da Vitória. Na bandeirada, os cinco primeiros passaram separados por apenas 0.766, nesta ordem: Ayman, Mohr, Mascarello, Salles e Peres.

O egípcio venceu também na classe Sport, à frente de Caio Castro e André Gaidzinski. Pela Trophy, Edson dos Reis repetiu a vitória da véspera.

O que eles disseram:

“Deu certo a largada. Tive a oportunidade por fora onde não é a linha mais apropriada, mas foi o suficiente. Conseguir segurar o Werner que fez uma boa prova e está de parabéns também. Tenho que agradecer a todos e estou muito feliz por voltar a liderar o campeonato

Miguel Paludo

“Foi uma pena não ter conseguido fazer uma pole. A corrida foi uma cópia da de ontem, consegui largar muito bem e fiz a corrida pensando no campeonato. Fui o maior pontuador da etapa e é isso que vale, é um campeonato de média.”

Werner Neugebauer

“Foi inesperado o resultado. Consegui uma largada boa que ajudou no ritmo e consegui acompanhar o ritmo dos adversários da geral, que me ajudou demais. No final tive ainda um pouco de sorte, mas estou feliz demais”

Fran Lara

“Eu estou bem tranquilo e estou este ano com o foco em andar junto com o pessoal da Carrera. Por causa da minha classificação eu vim de trás mas o meu ritmo foi muito bom. Salvar a P2 hoje e sair líder do campeonato me deixa muito feliz. Acho que o campeonato está prometendo.”

Rodrigo Mello

“Foi um fim de semana onde bati, fiz um quali legal, vacilei na largada de ontem e hoje recompensou! Estou muito feliz com minha primeira vitória na Carrera”

Francisco Horta

“Confesso que hoje foi mais fácil, já estava com a pista na cabeça, com o jeito do carro e mais descansado. Faltou um pouquinho para a P1, mais uma volta eu passava o Chico.”

Eduardo Menossi

“Essa etapa foi muito boa, somei bastante pontos para o campeonato com uma vitória e um quarto lugar. Esses pontos com certeza vão fazer a diferença lá no final do ano.”

Marçal Müller

“Não esperava. Foi a melhor corrida da minha vida. Que corrida sensacional, o Cristian veio rápido e eu estava no lugar certo na hora certa para recuperar a liderança. Meu objetivo largando na primeira fila era a vitória na Sport, mas fico muito, muito feliz mesmo por vencer na geral”

Ayman Darwich

“É o rei de Curitiba. Duas vitórias e dedico à minha esposa Laís, que pela primeira vez veio ver uma corrida minha e deu muita sorte”

Edson dos Reis

“Parabenizar a todos os pilotos e o pessoal da Porsche Cup! É muito cedo ainda para eu estar no pódio, apenas a minha segunda corrida. É importante entender o ritmo da corrida e a prova só acaba na bandeirada. Classificar em quarto não significa que eu vou terminar no pódio e o exemplo foi hoje, saindo em décimo e terminando em segundo na categoria Sport.”

Caio Castro

“Terminar a prova e nunca desistir! Fui para volta de apresentação e o câmbio travou em terceira marcha. Então recolhi para box, o time de apoio resolveu o problema de forma rápida e eu insisti até bandeirada. No fim ainda consegui um troféu na categoria”

Edu Guedes

“Foi uma experiência única, na minha segunda corrida já consegui subir ao pódio na Sport e na Trophy.”

Nasser Aboutaif

“Já falei que a meta é pontuar bem para o campeonato. E isso eu tenho feito de forma constante. O Ayman estava sem lastro, o que dificultava para mim e para o Mohr. Os pontos são importantes para o campeonato e conseguimos aumentar a distância na liderança da GT3.”

Raijan Mascarello

“Sem dúvida um grande fim de semana. Fiz a pole, ganhei uma bateria de ponta a ponta... A segunda larguei de sexto e por regulamento carreguei 50 kg de lastro. Mesmo com um peso desse, com perda de desempenho, consegui terminar em segundo. Fui o maior pontuador do fim de semana e estou muito satisfeito.”

Cristian Mohr

Resultados

Carrera Cup
1. Miguel Paludo 26:30.682
2. Werner Neugebauer +1.248
3. Eloi Khouri +9.821
4. Marçal Müller +11.549
5. Alceu Feldmann +13.874
6. Fran Lara* +15.327
7. Enzo Elias +15.685
8. Rodrigo Mello* +25.557
9. Pedro Aguiar +31.288
10. Rouman Ziemkiewicz* +36.573
11. Francisco Horta** +40.148
12. Eduardo Menossi** +40.272
13. Franco Giaffone** +40.405
14. João Barbosa** +55.407
15. Georgios Frangulis** +55.563
16. Renan Pizii*-1 volta
17. Nelson Marcondes** -2 voltas

Cristiano Piquet* - DNF
Urubatan Jr** - DNF
Sylvio de Barros ** - DNF
Pedro Boesel - DNF
Fernando Croce - DNF

*Sport
**Trophy

GT3 Cup
1. Ayman Darwich* 27:17.804
2. Cristian Mohr +0.202
3. Raijan Mascarello +0.324
4. Lucas Salles +0.501
5. Lucas Peres +0.766
6. Nelson Monteiro +1.425
7. Caio Castro* +1.673
8. Daniel Correa +2.425
9. Andre Gaidzinksi*+5.717
10. Edson dos Reis**+10.959
11. Nasser Aboultaif** +23.402
12. Leonardo Sanchez*-2 voltas
13. Ricardo Fontanari*-2 voltas
14. Edu Guedes**-3 voltas
15. Paulo Totaro**-4 voltas

Ramon Alcaraz* - DNF
Paulo Borges* - DNF
Guilherme Bottura* - DNF
Vina Neves* - DNF
Bruno Campos** - DNF
Paulo Sousa* - DNF
SangHo Kim** - DNF

Campeonatos

Carrera Cup
1. Marçal Muller 70 pontos
2. Miguel Paludo 67
3. Werner Neugebauer 64
4. Alceu Feldmann 54
5. Enzo Elias 47
6. Matheus Iorio 39
7. Eloi Khouri 36
8. Pedro Boesel 33
9. Rodrigo Mello 31
10. Cristiano Piquet 29
11. Fran Lara 24
12. Rouman Ziemkiewicz 22
13. Renan Pizii 14
14. Urubatan Jr 11
15. Eduardo Azevedo 10
16. Sylvio de Barros 8
17. Eduardo Menossi 8
18. Francisco Horta 5
19. Franco Giaffone 3
20. Georgios Frangulis 3
21. Fernando Croce 2
22. João Barbosa 2

Carrera Sport
1. Rodrigo Mello 33 pontos
2. Cristiano Piquet 32
3. Francisco Lara 26
4. Rouman Ziemkiewicz 24
5. Eduardo Azevedo 12
6. Renan Pizii 12
7. Urubatan Junior 11
8. Sylvio de Barros 10
9. Eduardo Menossi 9
10. Francisco Horta 6
11. Georgios Frangulis 5
12. Franco Giaffone 3
13. Nelson Marcondes 3
14. João Barbosa 2

Carrera Trophy
1. Eduardo Menossi 31
2. Urubatan Junior 28
3. Sylvio de Barros 20
4. Nelson Marcondes 20
5. Francisco Horta 19
6. Georgios Frangulis 16
7. João Barbosa 13
8. Franco Giaffone 6

GT3 Cup
1. Raijan Mascarello 72 pontos
2. Ayman Darwich 58
3. Nelson Monteiro 55
4. Lucas Salles 54
5. Cristian Mohr 52
6. Vina Neves 41
7. Eduardo Menossi 29
8. Leonardo Sanchez 26
9. Ricardo Fontanari 25
10. André Gaidzinski 24
11. Lucas Peres 22
12. Paulo Sousa 16
13. Ramon Alcaraz 16
14. Caio Castro 14
15. Lineu Pires 13
16. Edson dos Reis 12
17. Edu Guedes 11
18. Daniel Correa 8
19. Bruno Campos 7
20. Marcio Mauro 7
21. Nasser Aboultaif 7
22. Gustavo Farah 6
23. Paulo Totaro 6
24. Carol Aranha 1

GT3 Sport
1. Ayman Darwich 35 pontos
2. Vina Neves 29
3. Ricardo Fontanari 19
4. Leonardo Sanchez 17
5. Eduardo Menossi 16
6. André Gaidzinski 16
7. Caio Castro 11
8.Edson dos Reis 10
9. Ramon Alcaraz 8
10. Paulo Sousa 7
11. Lineu Pires 6
12. Edu Guedes 5
13. Nasser Aboultaif 4
14. Bruno Campos 3
15. Gustavo Farah 2

GT3 Trophy
1. Nasser Aboultaif 29 pontos
2. Gustavo Farah 22
3. Edson dos Reis 22
4. Carol Aranha 16
5. Edu Guedes 14
6. Paulo Totaro 12
7. Bruno Campos 10
8. SangHo Kim 6

Notícias

Página inicial