Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Galid Osman coloca a Shell no top5 do grid em Curitiba
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: JosÚ Mario Dias
┴tila Abreu avanša para o Q2 e parte em 11║, enquanto Ricardo Zonta tem pneu furado no Q1 e larga em 19║.

Pela primeira vez em sua curta história, a estreante equipe Shell V-Power avançou para o Q3 na Stock Car. Galid Osman colocou o Chevrolet Cruze #28 entre os seis mais rápidos da tomada de tempo em Curitiba e vai largar da quinta posição na tarde deste domingo.

Seu companheiro, Átila Abreu, também teve uma jornada positiva no qualificatório. Vencedor da última corrida do ano em Cascavel, o sorocabano do Cruze #51 teve um sábado de recuperação. Depois de sofrer com a performance do carro nos treinos livres, conseguiu passar para a segunda fase do treino que definiu o grid.

No Q2, o competidor sorocabano registrou 1:21.072 em sua melhor passagem, o que rendeu o 11º posto no grid para domingo. Em Cascavel há três semanas ele partiu em décimo, e acabou a corrida 2 no alto do pódio.

Quarto colocado no campeonato, o vice-campeão de 2020 Ricardo Zonta levou azar na tomada de tempo. O curitibano foi protagonista dos treinos livres em casa e vinha rápido no início do Q1. Mas o Toyota Corolla #10 preparado pela equipe Shell-RCM teve um pneu furado, o que minou as esperanças do ex-F1.

A volta de aquecimento de Zonta era razoável e ele fechou seu grupo em 12º. Mas no fim acabou superado por sete competidores que entraram no grupo 2 e consequentemente vai largar em 19º.

Os três pilotos Shell já levantaram troféus no Autódromo Internacional de Curitiba, palco da corrida do vice-campeonato de Átila em 2014 e também da primeira pole da carreira de Galid.

Com a sexta etapa da temporada, a Stock Car completa a primeira metade do calendário. A jornada em Curitiba é fundamental, pois na semana seguinte o campeonato tem outro encontro na mesma pista, com a utilização do traçado do anel externo.

A Band exibe a corrida em TV aberta e o Sportv na TV fechada, a partir das 13h deste domingo.

O que eles disseram:

“Muito feliz com o resultado, Curitiba é uma pista especial para mim, sempre andei bem aqui e isso me deixou muito contente. Minha primeira pole na Stock foi aqui. Acho que esse quali foi um prêmio para a equipe que vinha treinando bem, mas ainda não tinha encaixado um bom quali como o de hoje.”

Galid Osman

“Não é uma posição ruim de largada, na última etapa largamos de posição parecida e fui o segundo maior pontuador dom fim de semana. Essa era a condição de carro que tínhamos, fomos melhores no quali do que nos outros treinos do dia. O carro deu uma piorada na velocidade de reta, mas valeu a reação ao longo do dia. Feliz pelo Galid no Q3 sendo esse o primeiro da equipe na temporada. O bom desempenho dele pode me ajudar muito a entender como melhorar o carro para as corridas.”

Átila Abreu

“Todos viram que o pneu furou e aqui não conseguimos esquentar o pneu em uma volta, precisamos de ao menos duas para conseguir chegar na temperatura. O tempo que tínhamos poderia garantir o Q2, o que ilustra o potencial do carro. Mas não foi o que aconteceu no fim. Uma pena, tínhamos acertado um bom caminho para o quali, mas agora vamos ter que focar no domingo.”

Ricardo Zonta

Sobre a Raízen:

Somos a Raízen - uma empresa integrada de energia referência em biocombustíveis. Atuamos em toda a cadeia produtiva da cana, até comercialização, logística e distribuição de combustíveis. Nossa energia é essencial para mobilizar pessoas e potencializar negócios, por isso, além de entregar a energia que o mercado precisa hoje, investimos em soluções que contribuam para a agenda global de transição energética de forma gradual e sustentável.

É por isso que somos líderes na produção de biocombustíveis e bioeletricidade a partir da cana, e seguimos investindo na ampliação do nosso portfólio em fontes renováveis, como o etanol de segunda geração (E2G), o biogás, a biomassa e a geração de energia solar.

Somos grandes - temos um time de 29 mil funcionários, operamos 26 unidades de produção de açúcar, etanol e bioenergia – e uma planta de etanol 2G – com capacidade instalada para moagem de 73 milhões de toneladas de cana, que produziram, na safra 19´20, cerca de 2,5 bilhões de litros de etanol e 3,8 milhões de toneladas de açúcar. Contamos com 860 mil hectares de áreas agrícolas cultivadas com tecnologia de ponta, com colheita 100% mecanizada. Temos capacidade instalada de cerca de 1GW para geração de energia e produzimos, na última safra, 2,1 TWh de energia elétrica a partir da biomassa da cana. No mercado livre de energia, em uma JV com a WX Energy, comercializamos cerca de 26,9 TWh de energia na safra 19´20, reforçando nossa atuação em trading no mercado livre de energia.

Com uma rede de revendedores de mais de 6.000 postos da marca Shell, no Brasil e na Argentina, temos presença e proximidade para entregar a energia que nossos clientes precisam. E por meio do Grupo NÓS (JV com a Femsa), atuamos no varejo com mais de 1.000 lojas de conveniência Shell Select nos postos, e com as lojas de proximidade OXXO, marca já consolidada na América Latina. Nos segmentos B2B e varejo, comercializamos, no ciclo 19´20, aproximadamente 27,1 bilhões de litros de combustíveis, operando em todas as regiões do Brasil por meio de 67 bases de abastecimento em aeroportos e 67 terminais de distribuição de combustíveis. Na Argentina, onde atuamos com a marca Shell desde 2018, comercializamos no último ciclo 6,1 bilhões de litros de combustíveis, contando uma rede de cerca de 730 postos Shell, uma refinaria, uma planta de lubrificantes, quatro terminais terrestres e duas bases de abastecimento em aeroportos.

Estamos entre as maiores empresas em faturamento no Brasil, com R$ 120,6 bilhões, na safra 19´20. Geramos emprego e renda, dinamizando a economia, e investimos em ações de responsabilidade social, apoiando diversos projetos e, por meio da Fundação Raízen, oferecemos a jovens uma formação complementar à educação regular, impulsionando pessoas em situação de vulnerabilidade social a se descobrirem profissionalmente e protagonizarem seus próprios caminhos. Também trabalhamos no desenvolvimento de cooperação com as comunidades vizinhas às nossas operações - por meio destes trabalhos, beneficiamos mais de 1.700 alunos e mais 3 milhões de pessoas na safra 19'20, oferecendo qualificação profissional, educação e consciência cidadã.

Projeto Time KGV

Stock Car, aprovado na Lei Federal de Incentivo ao Esporte e registrado junto ao Ministério da Cidadania (Secretária Especial do Esporte) sob o número de processo 58000.011486/2018-29

Notícias

Página inicial