Motor On Line
Notícias-

Stock Car: furo de pneu na 1 corrida prejudica Bruno Baptista na final da corrida
Reportagem: Charles Marzanasco Filho
Foto: Vanderley Soares

A grande final da Stock Car Pro Series, disputada neste domingo, 12, no Autódromo de Interlagos, foi muito complicada para o piloto Bruno Baptista, que teve um pneu furado na primeira disputa, em que chegou a ocupar o segundo lugar na metade dela e no momento das paradas no box. Mesmo assim, depois de cair para o 26º lugar, o jovem piloto ainda teve uma rápida recuperação de 10 posições nas últimas voltas e terminou em 16º. Largando no meio do bolo na segunda prova, cheia de acidentes, Bruno Baptista se envolveu num deles, logo na primeira volta e foi obrigado a desistir na pista.

"Meu Corolla estava com um ótimo desempenho. Em sexto lugar desde a largada, mesmo sendo empurrado para fora da pista logo na primeira curva do S do Senna, optei por economizar acionamento de mais potência do botão de push, para lutar também por um resultado ainda melhor na última corrida. Estava num excelente ritmo, animado, porém o inesperado furo do pneu praticamente me deixou fora do páreo, apesar de terminar ainda em 16º lugar. No meio do bolo na segunda prova, tentei forçar logo na primeira volta, para ter tempo ainda de lutar pelas primeiras posições, mas acabei escapando bem no começo, o que considero absolutamente normal nessa categoria tão reconhecida por sua altíssima competitividade. Aproveito para agradecer todo o empenho da minha equipe e todos os meus patrocinadores por mais esta temporada", diz Bruno Baptista, piloto da equipe RCM Motorsports, que tem apoio das empresas XP Private, Loctite, Oakberry, Pro Automotive, Hero, NGK do Brasil e Volt.

Na disputa pelo campeonato da Stock Car, o piloto Gabriel Casagrande teve mais uma boa atuação e ficou com o título brasileiro da principal categoria do nosso automobilismo, ao terminar a primeira corrida e a segunda com dois terceiros lugares. Daniel Serra foi o vice, com um segundo na primeira prova – vencida por Thiago Camilo – e quarto na última. Ainda sobre a segunda corrida, o destaque foi Ricardo Maurício com bela vitória, seguido de Ricardo Zonta, em 2º e o novo campeão brasileiro, Casagrande, em 3º.

Notícias

Página inicial