Motor On Line
Notícias-

Stock Car: 3║ no campeonato Zonta luta acerto com lastro de sucesso no Velopark
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: JosÚ Mario Dias
Paranaense da Shell-RCM fecha a sexta sem usar pneus novos nos treinos.

Estar nas primeiras posições da classificação da Stock Car tem seu lado positivo, claro, mas também seu lado negativo. O positivo é óbvio: estar na briga pelo título da maior categoria do automobilismo brasileiro. O negativo é ter de lidar com um dos itens mais incômodos do regulamento: o lastro de sucesso. Após uma arrancada espetacular nas últimas três etapas da temporada 2023, com duas vitórias, uma pole e 103 pontos marcados (em 168 possíveis), Ricardo Zonta subiu para terceiro no campeonato e passou a ter de carregar 20 kg extras em seu carro a partir deste fim de semana.

E o primeiro contato do paranaense da equipe RCM com o peso extra foi no Velopark, em Nova Santa Rita, região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É o menor circuito da temporada, com apenas 2.278 metros de extensão e nove curvas. E por causa destes 20 quilos a mais, Zonta sofreu para achar o acerto ideal para o Toyota Corolla #10 nas duas atividades de pista desta sexta-feira – o shakedown e o primeiro treino livre. Ainda assim, nada para se preocupar pensando na classificação de sábado.

O ponto positivo desta sexta-feira para o piloto que conta com o apoio da Shell V-Power é que ele não usou jogos de pneus novos em nenhuma das duas atividades, ao contrário de vários rivais que entraram na pista. Por isso, a 11ª posição ao término das atividades não foi um resultado ruim, ainda que Zonta acredite que, com um bom acerto em seu carro, ele poderia ter sido até meio segundo mais rápido mesmo usando pneus usados nos treinos desta sexta-feira. Ou seja: há margem de crescimento.

Zonta e a equipe comandada por Marcel Campos vão analisar os dados para deixar tudo pronto para o segundo treino livre, pela manhã, e para a classificação, no início da tarde de sábado. Vale lembrar que, no Velopark, uma boa posição de largada é essencial para um bom resultado. Além de ser uma pista travada, a primeira curva após a reta dos boxes é extremamente apertada e palco de muitos acidentes em primeiras voltas. Largar mais à frente é essencial para escapar das confusões.

A classificação para a oitava etapa da temporada 2023 da Stock Car terá transmissão ao vivo no sábado pelos canais sportv. No domingo, as duas corridas serão mostradas, também ao vivo, pela Band e pelos canais sportv.

O que ele disse:

"Estamos tentando fixar algumas coisas no balanço e o lastro pode estar interferindo um pouco no acerto do carro. Estamos trabalhando nisso para não carregar esse peso nas curvas e ainda não chegamos no ideal. Não passei pneu ainda, alguns dos nossos concorrentes já usaram pneus novos hoje, mas ainda sim estamos fora do ideal, falta um pouco para achar no carro. Deveríamos ter virado por volta de meio segundo mais rápido com esse pneu."

Ricardo Zonta

Cronograma – Stock Car – Etapa 8 – Velopark, Nova Santa Rita, RS

Sábado, 16 de setembro:
09:15 – Treino Livre 2
13:00 – Classificação

Domingo, 17 de setembro:
12:10 – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)
12:50 – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)

Sobre a Raízen

Com o propósito de redefinir o futuro da energia a partir de um amplo portfólio de soluções renováveis, a Raízen possui um modelo de atuação único e irreplicável, sendo protagonista em todos os setores em que atua e liderando a transição energética do País. Ao promover impacto positivo a todos os seus stakeholders, a empresa tem como compromisso produzir hoje a energia do futuro, por meio do crescimento sustentável lucrativo do negócio, orientada por metas factíveis, sólidas e alinhadas ao seu propósito.

Por meio de tecnologias avançadas e proprietárias, a Raízen tem ampliado seu portfólio de renováveis, como o etanol de segunda geração (E2G), o biogás, biometano e a bioeletricidade de fontes 100% limpas. Desde sua formação, a Raízen já evitou 30 milhões de toneladas de CO2 e tem como objetivo ampliar o potencial de descarbonização por meio de seus produtos para mais de 10 milhões de toneladas de CO2 evitados por ano. Ainda, a empresa tem como um de seus objetivos, ser o melhor parceiro na descarbonização, por isso, assumiu a meta de ter 80% do EBITDA de negócios e fontes renováveis até 2030.

Com um time de cerca de 40 mil funcionários, opera 35 parques de bioenergia, com capacidade instalada para moagem de 105 milhões de toneladas de cana com cerca de 1,3 milhão de hectares de áreas agrícolas cultivadas com tecnologia de ponta e colheita totalmente mecanizada. Na safra 21´22, produziu 3,5 bilhões de litros de etanol, 6,2 milhões de toneladas de açúcar e 2,9 TWh de bioenergia produzida a partir da biomassa da cana.

Por meio de uma rede de mais de 8 mil postos revendedores que estampam a marca Shell no Brasil, na Argentina e no Paraguai, atende milhões de consumidores diariamente em suas jornadas, oferecendo desde os exclusivos combustíveis da família Shell V-Power até praticidade e benefícios na hora do pagamento com o aplicativo Shell Box. Pelo Grupo Nós (Joint venture com a FEMSA Comercio), atua no varejo de conveniência e proximidade com mais de 1.400 lojas Shell Select e com os mercados OXXO. Na safra 21´22 comercializou 34 bilhões de litros de combustíveis por meio de sua infraestrutura que conta com mais de 70 terminais de distribuição pelo país, com presença em 19 portos e 70 bases de abastecimento em aeroportos.

Está entre as maiores empresas do Brasil. Na safra 21’22, a Raízen apresentou uma receita líquida de R$ 196 bilhões, gerando emprego e renda, dinamizando a economia e promovendo impacto social positivo por meio de inúmeras ações, com destaque para a Fundação Raízen, instituição sem fins lucrativos que há 20 anos atua na educação de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.Projeto Time KGV - Stock Car – Ano 2, aprovado na Lei Federal de Incentivo ao Esporte e registrado junto ao Ministério da Cidadania (Secretária Especial do Esporte) sob o número de processo 71000.052566/2021-06

Notícias

Página inicial